“Dentro do coração, a gente sabe o tamanho que isso tá tendo, vai ficar em nossa memória para sempre, de um jeito muito especial. Para os fãs eu estou vendo que também está sendo muito importante, estou achando muito lindo isso”, é assim que Sandy, sob os olhares confirmativos de Junior Lima, define o que tem sido a turnê Nossa História, comemorativa pelos 30 anos da dupla. Em Curitiba, onde os irmãos se apresentaram neste sábado (31), nem mesmo a chuva afastou o público e impediu de acontecer um show que vai ficar para a história das grandes apresentações que a cidade já recebeu.

++ Baixe o pôster exclusivo da Tribuna com a dupla Sandy & Junior!

Apesar do dia bonito de sol que fez neste sábado, o tempo mudou completamente por volta das 15h e a chuva foi tomando conta da cidade. Quando os portões seriam abertos para o público da Pedreira Paulo Leminski entrar, uma forte tempestade atingiu o espaço, com vento forte, e fez com que alguns problemas acabassem acontecendo, mas o que se percebeu, além de um trabalho exaustivo da produção, foi a união dos fãs para fazer com que o show acontecesse. E aconteceu da melhor forma: com a chuva lavando a alma das aproximadamente 30 mil pessoas que acompanharam tudo lá, ainda que com capa de chuva.

Clique aqui e saiba tudo sobre a turnê comemorativa de Sandy & Junior!

Antes de subirem ao palco, Sandy e Junior falaram sobre a repercussão que tomou essa turnê e disseram que estão tendo uma oportunidade única na vida. “Se for comparar com ‘Sandy e Junior’ na fase anterior, está sendo muito legal, porque estamos tendo a oportunidade de viver tudo isso de novo, de uma maneira muito intensa, porque fica condensado em alguns shows, e com a cabeça de ‘pós 30’, o que é diferente para similar tudo, a gente vê com muito mais profundidade o que acontece. Está sendo uma super oportunidade”, comentou Junior.

Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.

Sandy disse que tem conseguido não só aproveitar mais os shows, como também tem se emocionado muito. “Dessa forma, a gente consegue apreciar mais e se emocionar ainda mais, porque temos uma consciência maior do que está acontecendo. É muito lindo ver essa onda de amor se espalhando, nosso público está muito feliz e emocionado, a gente sente isso neles, e nós também estamos muito emocionados. Ver isso acontecendo é muito lindo nesse momento da vida”, explicou a cantora, que tem hoje 36 anos.

Os cantores disseram que os shows dessa turnê têm sido para eles como se fosse ‘a primeira vez’. “De certa forma é como se fosse a primeira vez mesmo, porque foi uma reiniciada de ciclo. É tudo muito novo perante o que estávamos vivendo em nossas carreiras individuais, tem um frescor de novidade”, disse Junior. “Uma oportunidade única para a gente se reunir, para as pessoas curtirem de novo isso que foi tão importante para tantas pessoas na infância, na adolescência e começo da vida adulta. Poder viver isso de novo e lembrar, recordar aquele momento, é isso que faz ser tão especial também”, completou Sandy.

+ Viu essa? Fernanda Gentil vai apresentar ‘novo Ví­deo Show’ a partir de setembro

Aos 35 anos, com 30 de carreira, Junior Lima tem a convicção de que esse retorno realmente deveria ser como é: com começo, meio e fim. “Um dos motivos de ser tão legal é porque a gente sabe que é pontual. Até porque as carreiras individuais estão indo muito legais, então estamos muito realizados e fazendo o que gostamos individualmente”, avaliou ele, com a irmã apenas concluindo que a dupla não tem mesmo intenção de continuar após o término da turnê.

Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Caroline Hecke/Divulgação.

E o DVD, vem?

Desde que a dupla começou a série de shows pelo Brasil, que acabou até com duas apresentações internacionais sendo marcadas, o que mais os fãs têm pedido é que esse retorno pontual seja eternizado num DVD. Apesar de estarem sempre filmando tudo e terem até mesmo incluído isso no ingresso, a dupla destaca que ainda não sabe o que vai ser. “Nós realmente estamos documentando tudo. Só não sabemos o que vamos fazer com isso ainda”, disse Sandy.

+ Concurso de Cosplay de sábado tem até pedido de casamento

Sobre a possibilidade de, além de um DVD, lançarem um material audiovisual, como tem sido costume atualmente, pelas plataformas como Netflix ou até mesmo no Globoplay, como fez Luan Santana, Junior disse já ter pensado no assunto. “Tem sido um pedido dos fãs, mas é até uma ideia inevitável de se ter, tanto é que tem muita gente tendo a mesma ideia, a gente mesmo já teve. Apesar disso, não é tão simples assim, então por enquanto estamos registrando tudo e estamos vivendo uma coisa de cada vez”.

Junior Lima, que disse estar segurando a ansiedade a todo o momento, disse que a dupla não imaginava que a turnê teria a dimensão que teve. “Já percebemos que nós não somos muito bons em adivinhar, porque a gente achava que a ‘tour’ ia ter um décimo do tamanho que ela tomou, das proporções, então estamos realmente vivendo uma coisa de cada vez. O que a gente sabe é que vamos voltar para as nossas carreiras após o término”.

Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Caroline Hecke/Divulgação.

E depois, o que será?

Um dos pontos pouco tocados pela imprensa de modo geral é sobre o que vai ser de Sandy e Junior Lima após o fim da turnê Nossa História. Afinal de contas, ainda que sem comparação com a dimensão que tomou a tour, as carreiras individuais da dupla estavam muito bem, cada um em sua vertente. “E a gente estava feliz em nossas carreiras individuais, se realizando”, disse Sandy. “É por isso que eu falo sobre segurar a ansiedade e não pensar muito nisso, até porque é muito difícil adivinhar como as coisas são”, completou Junior.

Os dois disseram que querem continuar de onde pararam. “Eu tenho intenção de voltar a fazer o que eu estava fazendo, a partir daquele ponto onde parei, mas como vou fazer isso eu não sei”, explicou Sandy. “O Manimal, que é o meu projeto, continuou de vento em popa, obvio que demos uma reduzida na velocidade para dar conta de tudo, mas é isso: uma coisa de cada vez”.

Em contrapartida, ambos sabem que, ao voltarem para os seus projetos solo, as coisas não vão ser mais como eram antes. “Essa tour e tudo isso que nós estamos fazendo vai me possibilitar fazer tudo com calma depois. O que muda é que tinha uma ansiedade de fazer a parada rolar, de apresentar o projeto para todo mundo e agora não tenho mais essa ansiedade, então quero fazer da forma mais legal possível”, avaliou Junior. “Tenho a certeza de que vou estar transformada pela experiência, assim como ele também”, concluiu Sandy.

Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Caroline Hecke/Divulgação.

Noite histórica

Apesar da chuva, que até parou em alguns momentos, mas insistiu em continuar em boa parte do show, pode se considerar que o tempo tornou o momento ainda mais inesquecível. Isso porque, ao invés de afastar as pessoas, o público compareceu em peso e não arredou o pé até que a dupla terminasse a última música. Em anos não se via a Pedreira Paulo Leminski tão cheia como foi possível ver com a vinda de Sandy e Junior o que, até mesmo para o prefeito Rafael Greca, foi considerado como um “recorde histórico”, como postou em suas redes sociais acompanhado de uma foto mostrando o mar de gente que se juntou.

“Vocês estão tão bonitinhos de capinha de chuva, gente”, brincou Sandy antes de elogiar o público. “Quero agradecer demais o esforço de vocês, de estarem aqui nesse frio, com vento, com chuva e com tudo”. “Até ontem estava calor e, de repente, frio”, completou Junior. “Obrigada mesmo pelo esforço e por serem guerreiros, tão guerreiros”, concluiu a cantora.

Foto: Reprodução/Instagram Rafael Greca.
Foto: Reprodução/Instagram Rafael Greca.

Seguindo um repertório parecido com o que têm tocado ao longo das apresentações Brasil afora, em comparação com o último show antes de Curitiba, em São Paulo, no Allianz Parque, a dupla mudou apenas a parte acústica, em que sentam ao fim da passarela e cantam bem próximo dos fãs. Na capital paranaense, os irmãos interpretaram Primeiro Amor (do disco Tô Ligado em Você, de 1993) e Replay (do álbum de 2006, o último em estúdio).

Repetindo a dose da primeira apresentação que a Tribuna do Paraná acompanhou, em São Paulo, no primeiro dia de Allianz Parque, Sandy e Junior Lima entregaram um show tecnicamente perfeito, ainda que com pequenos ajustes sendo necessários por conta da chuva que fez com que as coisas fugissem do controle. Além disso, foi perceptível o quanto os irmãos representam na vida do público, que participou do show do começo ao fim, como se estivessem todos conectados numa mesma comoção. Veja mais algumas fotos do show:

Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sazi/Tribuna do Paraná.

 

Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
noframe

‘Beakman’ conta histórias inusitadas e como seria o programa hoje!