Será lançado nesta segunda-feira (11) o livro “Vim, vi e venci”, biografia do jornalista, empresário e ex-governador do Paraná, Paulo Pimentel. Escrita por Cleverson Garrett, a obra é uma espécie de biografia romanceada de um dos personagens mais marcantes da política e das comunicações no Paraná. O evento será a partir das 18h no Palácio Iguaçu, sede do Governo do Paraná, no bairro Centro Cívico, em Curitiba.

Aos 91 anos de idade, Pimentel – avô do atual vice-prefeito de Curitiba – foi o governador mais jovem a tomar posse no Paraná, aos 37 anos, em 1966. O livro passeia por toda a vida – pessoal e profissional – do político, que em muitas oportunidades se confunde com a história política do estado. “Eu quis mostrar o Paulo Pimentel de antes da história que todos conhecem, ou seja, sua infância, juventude, formação familiar. Revisitei toda sua fascinante trajetória de vida”, explica Garrett

“Vim, vi e venci” mostra um Paulo Pimentel diferente daquele que é conhecido da maioria dos paranaenses, mas sem deixar de destacar toda a importância de sua carreira. Nas pesquisas feitas por Garrett, podemos acompanhar Pimentel construindo sua carreira como secretário da agricultura, deputado federal e governador, além de um dos mais respeitáveis homens da comunicação no estado, já que foi dono de jornais (inclusive da Tribuna do Paraná, hoje pertencente à família Grupo Paranaense de Comunicação – GRPCOM) e televisões.

 

É dono de algumas frases marcantes ao comentar sobre a imprensa, uma de suas principais paixões. “O dono da imprensa é o leitor, tudo tem que ser feito pensando nele. O jornal vai ensinar o leitor a votar, mostrar quais os candidatos. A imprensa nasceu para publicar tudo o que é fato, mas com absoluta isenção”, disse, em recente entrevista à Tribuna, quando foi personagem dos Caçadores de Notícias.