O baterista do Rolling Stones, Charlie Watts, de 63 anos, tem câncer na garganta, mas grande chance de recuperação através de radioterapia, disse um porta-voz da banda.

A doença de Watts foi diagnosticada em junho, depois de uma pequena cirurgia. O baterista está agora no fim do tratamento em um hospital de Londres, disse o porta-voz num comunicado à imprensa britânica.

“A expectativa é de que ele se recupere completamente e comece a trabalhar com o restante da banda no fim do ano”, informou.

Watts, que tem a reputação de ser o mais sereno dos integrantes da lendária banda britânica, deixou de fumar há décadas.

“Ele está muito firme porque ouviu que tem todas as chances de ficar completamente curado”, disse um amigo da família.