O ex-presidente Valmor Zimermann está de volta ao Atlético-PR. Com dois mandatos na década de 80, o dirigente retorna agora para tentar acabar com a instabilidade que ronda a equipe profissional nos últimos meses. Por isso, assumirá como diretor de futebol, fazendo com que Ocimar Bolicenho passe ao cargo de gerente. E uma de suas primeiras ações deve ser a mudança no comando técnico.

Depois de ser apresentado aos jogadores e à comissão técnica nesta terça-feira, Zimermann confirmou que pretende contratar um substituto para Leandro Niehues, que assumiu o time após a demissão de Antônio Lopes, no início de março. Niehues, porém, não precisaria deixar o clube, permanecendo como assistente se assim quisesse e o novo treinador concordasse.

Em seu retorno, Zimermann admitiu que voltou pela necessidade do clube. “Na realidade eu já tinha dado como encerrada a minha participação no Atlético, mas como o [presidente] Marcos [Malucelli] insistiu e explicou a necessidade que o clube tinha, achei necessário voltar. Vou procurar deixar o Marcos mais livre para cumprir todos os seus outros compromissos como presidente, que são muitos.”