A dinamarquesa Caroline Wozniacki conquistou vaga na decisão do Torneio de Indian Wells na madrugada deste sábado. Número quatro do mundo, ela superou a polonesa Agnieszka Radwanska por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. Na final, Wozniacki terá pela frente a sérvia Jelena Jankovic, ex-número 1 do mundo.

Será o jogo mais importante da dinamarquesa desde a final do US Open de 2009 – na ocasião, ela foi derrotada pela belga Kim Clijsters. Além da vaga na decisão, a vitória desta madrugada deverá elevar a dinamarquesa para a segunda posição do ranking da WTA, a ser anunciado na segunda-feira.

No domingo, ela terá a chance de confirmar sua melhor colocação no ranking em sua primeira final da temporada. Wozniacki busca seu sétimo título na carreira. Para tanto, precisará faturar uma vitória inédita sobre Jankovic, atual número nove do ranking. A sérvia levou a melhor nos três confrontos entre as duas tenistas.

Nesta madrugada, a dinamarquesa não teve dificuldade para superar a amiga Radwanska. Obteve cinco quebras de saque e faturou a vitória em 1h38min, o que valeu um jantar à polonesa. Amigas desde os campeonatos juvenis, as duas tenistas haviam apostado a próxima conta do restaurante. A vencedora pagaria a refeição.

“Joguei de forma consistente e tentei ser agressiva”, avaliou Wozniacki, ao final da partida. “Nos conhecemos muito bem. Agnieszka é uma grande lutadora e eu sabia que teria que me esforçar até o último ponto para conseguir vencer”, completou.

A dinamarquesa, porém, ficará com a sobremesa no próximo jantar entre as duas amigas. Elas também apostaram a ordem dos jogos das semifinais. “Ela me deve um sorvete. Ela achou que jogaríamos a primeira partida, mas eu disse que seria o último jogo da noite. Então, apostamos e eu ganhei um sorvete. Mas ainda terei que pagar o jantar”, lembrou Wozniacki.