O ano começou no São Paulo com Ney Franco escalando Lúcio pela direita e Rhodolfo pela esquerda da zaga, alegando que Tolói não estava acostumado a jogar pelo lado esquerdo e precisava de um tempo para se adaptar. Na época, o próprio zagueiro, que foi titular no ano passado, confirmou essa dificuldade.

Depois de dois jogos ao lado de Lúcio, Tolói parece ter outra opinião. “Joguei pouco por ali (lado esquerdo), mas para zagueiro é só uma questão de posicionamento. É só orientar um ao outro e não tem tanta diferença. Eu e o Lúcio conversamos bastante durante o jogo e isso tem sido um diferencial”, comentou o zagueiro.

Toloi foi titular pela esquerda diante de Ituano e São Caetano e também em dois jogos do Paulistão em que os reservas jogaram. Até agora, tem aproveitamento 100%, com quatro vitórias. Ele acredita que a equipe ainda tem muito a crescer, até porque nos dois últimos jogos a equipe levou quatro gols.

“Precisamos melhorar em alguns aspectos, não só a defesa, mas toda a equipe. Todo mundo tem de se ajudar e isso que vamos fazer. É só questão de conversar e ajustar. É um grupo bom e que se gosta bastante, então é só acertar e vamos resolver isso da melhor maneira”, completou o são-paulino.