O Molico/Nestlé, de Osasco, garantiu vaga para a final da Superliga Feminina de Vôlei ao superar o Sesi por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/17 e 25/14. Agora a equipe vai encarar no domingo, dia 26 de abril, o Rexona-Ades-RJ, que vai em busca de seu 10º título após eliminar na quinta-feira o Camponesa/Minas-MG por 3 sets a 0 – parciais de 25/17, 25/18 e 25/21. As duas equipes vão reeditar a final de 2013, em um duelo que tem marcado o vôlei brasileiro nos últimos anos.

Com grande atuação, a ponteira Gabi marcou 10 pontos e ajudou o time a chegar a mais uma final da Superliga. “Tive a oportunidade de jogar uma semifinal, o [técnico] Luizomar me conhece há 14 anos e todos estão de parabéns. Estivemos extremamente focadas e todo mundo conseguiu jogar bem. Estou feliz pra caramba”, afirmou Gabi, eleita a melhor jogadora em quadra.

Do lado derrotado, o técnico Talmo lamentou a queda de produção da equipe nos dois duelos de semifinal, mas enalteceu o trabalho das meninas. “O time de Osasco fez uma grande partida e foi consistente. Elas mereceram estar na final. Da nossa parte, conseguimos subir ao pódio e vejo coisas positivas. Infelizmente, não fomos competentes para neutralizar um time bem montado”, explicou.