O brasileiro Thiago Pereira ficou muito perto de uma medalha nesta quinta-feira, no Mundial de Esportes Aquáticos, em Roma. Ele terminou na quarta colocação a prova dos 200 metros medley, depois de virar para os 50 metros finais em segundo lugar.

Thiago mostrou boa evolução e estabeleceu a marca de 1min55s55 – a melhor da carreira e novo recorde sul-americano da prova. Com o resultado, ele repetiu a classificação obtida no Mundial de Melbourne, há dois anos.

“É o terceiro ano seguido que bato na trave. Mas estou feliz, fiz uma prova muito boa. A prova foi muito forte, mas eu cheguei aqui pensando em fazer 1min55s e consegui. Começo bem melhor esse ciclo olímpico do que o anterior”, disse o brasileiro.

A medalha de ouro ficou com o norte-americano Ryan Lochte, que estabeleceu um novo recorde mundial, com 1min54s10, quebrando a marca de Michael Phelps, que não nadou esta prova no evento.

O húngaro Laszlo Cseh conquistou a medalha de prata, com 1min55s24. O bronze foi para o norte-americano Eric Shanteau, que destacou-se nos metros finais e terminou com 1min55s36.