O Grande Prêmio São Paulo, corrido ontem, em grama pesada, foi vencido por Cheikh, que embora credenciado por quatro segundos, não figurava entre os favoritos. Pericoloso regulou o ritmo da corrida, com License To Run na segunda colocação, mas seguido de perto por vários competidores. Na reta de chegada Paparazzi chegou a dar impressão de vitória, mas nos 300 finais atropelaram juntos Cheikh e Belo da Guanabara e, depois de dura luta, Cheikh cruzou o disco com pequena vantagem, com Paparazzi perto na terceira colocação, chegando nas posições imediatas Evil Kneviel e Hiper Craque. O jóquei de Paparazzi reclamou de Belo da Guanabara, cujo piloto, por sua vez, reclamou do vencedor. A corrida, porém, foi confirmada na ordem de chegada. Reizinho, mancando, não completou o percurso. Rateios: V. 8,60 – Exata 1.353,00 – Placês 3,90 e 29,40. A quadrifeta acumulou. Tempo 2’29″80 para os 2.400 metros em pista de grama pesada.

Cheikh é um filho de Roy e Plus Vite (Baronius), de criação e propriedade do Haras São José e Expedictus, que foi treinado em Campinas por Vitor Barbosa e bem dirigido por Nelito Cunha.

Lingote de Ouro

Lingote de Ouro, um filho de Fast Gold e Darling Dame (Seattle Dancer) conseguiu sensacional vitória no Grande Prêmio Presidente da República. Nos 200 finais recebeu forte ataque de Pronasteron, mas tocado com muita energia por W.Blandi, seguiu até o final, sempre ameaçado. Instinto Campeão terminou na terceira colocação, com Joaquim e Incolor completando o marcador.

Lingote de Ouro, de criação do Haras Ponta Porã, defendeu as cores do Stud Raça, apresentado por Mário campos e dirigido por Waldomiro Blandi. Rateios: V. 9,40 – Exata 55,30 – Placês 3,30 e 2,50. Tempo: 1’30″11, em pista de grama pesada. Movimento de apostas: R$ 116.232,00.

Murtinho

O GP Antenor de Lara Campos foi vencido por Murtinho. O crioulo do Haras Ponta Porã, um filho de Punk e Fadiga (Laramie Trall), defendeu as cores de Rodolpho Montanari Neto, apresentado por A.G.S. Corrêa e dirigido por Ângelo Márcio Souza, que saiu do Tarumã para brilhar em São Paulo. Correu na expectativa para dominar Pretty Normad, depois de dura luta, com Instinto Campeão, Joaquim e Incolor nas posições imediatas. O tempo da prova foi de 1’30″611 para os 1.500 metros, em pista de grama. New Freedom, do Haras Belmont, correu na ponta, mas atrasou-se nos 300 finais.