Por meio de nota oficial divulgada na tarde desta segunda-feira, o Sport protestou contra o fato de a CBF ter confirmado um trio de arbitragem paulista, formado por Luiz Flávio de Oliveira e pelos assistentes Alex Ang Ribeiro e Miguel Ribeiro da Costa, para comandar o jogo do Corinthians contra a equipe pernambucana, nesta quarta, às 22 horas, no Itaquerão, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o Sport hoje vislumbrando o seu retorno ao G4 do Brasileirão – tem quatro pontos a menos que os corintianos, vice-líderes da tabela -, a diretoria do clube de Recife manifestou “veemente discordância com a referida escolha” dos árbitros para o duelo.

“O confronto direto entre as equipes, que lutam por uma vaga no G4, não aconselha que se faça do jogo uma experiência. Essa iniciativa é, verdadeiramente, uma exposição desnecessária e de muito risco para os clubes e para o próprio árbitro”, ressaltou o clube na nota oficial.

O vice-presidente executivo e de futebol do Sport, Arnaldo Barros, também reconheceu que a CBF não deverá mudar o trio de arbitragem da partida, mas prometeu entrar em contato com a entidade para protestar contra a polêmica decisão. “O Sport não concorda com a escolha dos árbitros em questão. Estamos, inclusive, procurando a Confederação Brasileira de Futebol e a Federação Pernambucana de Futebol para externarmos nossa indignação. Não acreditamos que seja possível reverter a situação, mas vamos nos posicionar contra desde então”, disse.