A italiana Francesca Schiavone avançou para a decisão do Torneio de Bogotá, na Colômbia, e manteve viva a esperança de conseguir uma vaga direta para Roland Garros, o segundo Grand Slam da temporada. Nesta sexta-feira, ela eliminou nas semifinais a sueca Johanna Larsson por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4.

Campeã do Grand Slam de Paris há sete anos, Schiavone não vive um bom momento na carreira. Ela, que chegou a aparecer no top 5 do ranking da WTA, aparece hoje apenas no 168.º lugar. Mas, caso vença a competição na Colômbia, a italiana ganhará 280 pontos e subirá para a 104.ª posição, o que dá direito de entrar na chave principal de Roland Garros.

Para isso, Schiavone precisará superar a espanhola Lara Arruabarrena, de 24 anos e 65.ª do ranking. Também nesta sexta-feira, ela avançou para a final ao derrotar a compatriota Sara Sorribes, de 20 anos, por 2 sets a 1 – com parciais de 6/2, 4/6 e 6/4. Arruabarrena busca o bicampeonato em Bogotá.

Já a brasileira Bia Haddad Maia garantiu vaga na decisão das duplas do Torneio de Bogotá. Ao lado da argentina Nadia Podoroska, ela venceu a argentina Catalina Pella e a chilena Daniela Seguel, de virada, por 2/6, 7/5 e 10 a 6 no match tie-break.

Bia Haddad vai em busca do segundo título na Colômbia. A outra conquista aconteceu há dois anos, mas ao lado da compatriota Paula Gonçalves. Na decisão deste sábado, a brasileira terá pela frente a paraguaia Veronica Cepede Royg e a polonesa Magda Linette, que venceram a russa Irina Khromacheva e a sérvia Nina Stojanovic por 6/1, 3/6 e 10 a 8 no match tie-break.

SUÍÇA – Cabeça de chave número 1, a checa Barbora Strycova contou com a desistência da alemã Julia Goerges para avançar às semifinais do Torneio de Biel, na Suíça. A partida estava empatada em 1 set a 1, quando a adversária abandonou por conta de uma lesão no punho direito.

Goerges venceu o primeiro set por 6/4, mas Strycova reagiu e obteve a vitória no segundo por 6/3. No terceiro, a checa abriu 1 a 0, quando a rival desistiu. Na próxima fase ela terá pela frente a compatriota Marketa Vondrousova, de apenas 17 anos.

A jovem avançou ao derrotar a também checa Kristyna Pliskova por 6/2 e 7/5. Na outra semifinal, a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich enfrentará a estoniana Anett Kontaveit.