enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Pesquisa em campo

Relações entre futebol e política são tema de livro

Pesquisador da Universidade Federal do Paraná (UFPR) Luiz Demétrio Janz Laibida confronta as nebulosas fronteiras entre os campos futebolísticos e futebolísticos

  • Por Juliana Fontes
Livro é resultada da tese de doutorado que investiga relações da política e do futebol. Foto: Divulgação

Será lançado nesta quarta-feira (27), o livro Raposas e Outsiders do Futebol Paranaense, de Luiz Demétrio Janz Laibida. O evento vai das 18h às 21h no edifício Studios do Bosque, no Centro Cívico. Na obra, o autor faz uma análise entre as relações de Athletico, CoritibaParaná Clube e J. Malucelli com o poder político do Estado e a atuação dos dirigentes vindos de fora desse contexto. Laibida também fala sobre a genealogia extremamente ligada à política do Estado dos presidentes da Federação Paranaense de Futebol.

+ Leia mais: Camisas 9 do Trio de Ferro estão mandando bem!

O nome do livro não é por acaso. As raposas são, como a fama do animal sugere no imaginário popular, as velhas figuras políticas que por décadas se aproveitando da autoridade que exerciam no futebol da capital. Já os outsiders, ou aqueles que vieram de fora, referem-se aos personagens forasteiros que aqui chegaram e souberam aproveitar o futebol como um meio de inserção no poder, como foi o caso de Evangelino da Costa Neves, no Coritiba, e Mário Celso Petraglia, no Athletico.

+ Veja também: Furacão fecha acordo com a Globo pra transmissão do Brasileirão

Laibida explica a relação de várias famílias tradicionais na política com o envolvimento no futebol como os Requião, Mello, Malucelli e Fruet. Ele também trata das relações de poder exercidas dentro da Federação Paranaense de Futebol devido à instituição ser um espaço fortemente político.

+ Mais na Tribuna: Coxa disponibiliza ingressos apenas para sócios para o clássico

A obra é fruto de um estudo de quatro anos do autor, que resultou da tese de doutorado de Janz na área de Sociologia Política. “Sempre fui muito apaixonado pelo futebol, desde criança frequento o estádio, e como meu trabalho sempre girou em torno do poder legislativo local, comecei a estudar a política do Futebol Paranaense”, explicou.

Na opinião de Laibida, o futebol paranaense tem o potencial de conseguir mais visibilidade no território nacional, mas para isso, será necessário que os clubes tenham uma visão mais abrangente.

+ Viu essa? Torcida do Tricolor pressiona pela saída de Casinha

“Acredito que nosso futebol pode ser expressivo nacionalmente, mas hoje, como se configura, dificilmente aconteceria com todos nossos clubes. Todas as ações atuais do Athletico podem refletir positivamente no Coritiba e Paraná Clube, que podem passar a ter parâmetros para entender a necessidade de algumas mudanças. Assim como o Paraná e o Coritiba podem apresentar algumas reflexões a serem tomadas por parte da diretoria do Athletico no sentido de se pensar melhor a democracia e o apelo popular do esporte”, finalizou.

Serviço
Lançamento do Livro Raposas e Outsiders do Futebol Paranaense
Local: Edifício Studios do Bosque – Rua Deputado Mário de Barros, 1.700
Horário: Das 18h às 22h
Entrada gratuita
Preço do livro: R$120,00

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas