enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Matadores

Camisas 9 do Trio de Ferro vão fazendo jus ao número em 2019

Bergson, Rodrigão e Jenison são os artilheiros do Estadual e mostram que podem superar números dos artilheiros de Athletico, Coritiba e Paraná nos últimos anos

  • Por Juliana Fontes
Bergson, Rodrigão e Jenison; Camisa 9 caiu muito bem para os três artilheiros. Fotos: André Rodrigues / Albari Rosa /Albari Rosa

Os camisas 9 do Trio de Ferro vem fazendo jus ao número que carregam nas costas. Bergson, do Athletico, Rodrigão, do Coritiba, e Jenison, do Paraná Clube, são os artilheiros do Campeonato Paranaense, cada um com cinco gols. O meia Marquinho também está na lista dos que balançaram as redes cinco vezes na competição, batendo de frente com os centroavantes, quase como um intruso no reinado dos avançados.

+ Leia também: Furacão fecha acordo com a Globo pra transmissão do Brasileirão

A posição de ‘homem gol‘, típica de jogadores que se posicionam adiantados no time, nem sempre é colocada em prática, ainda mais no futebol descrito como moderno, em que os centroavantes são acionados para buscarem mais as jogadas e não mais ficam esperando o passe para finalizar. Por isso, o fato de justamente os jogadores de referência estarem sendo eficientes chama a atenção.

Bergson foi 'rebaixado' para o time de aspirantes do Athletico, mas vem sendo importante no Estadual. Foto: André Rodrigues

Bergson foi ‘rebaixado’ para o time de aspirantes do Athletico, mas vem sendo importante no Estadual. Foto: André Rodrigues

Bergson tem 28 anos e está no Furacão desde 2018, quando foi contratado especificamente para integrar a equipe principal. O jogador fez parte da campanha do título da Copa Sul-Americana, convertendo, inclusive, uma das penalidades na grande final, porém era reserva de Pablo. Por não ter seu lugar garantido do grupo de Tiago Nunes, o atleta passou a defender a equipe de aspirantes e chegou a falar que se sentiu surpreso por ‘descer‘ de uma equipe a outra, mas ainda assim está determinado a fazer o melhor pelo Athletico.

+ Mais na Tribuna: Coxa disponibiliza ingressos apenas para sócios para o clássico

Jenison e Rodrigão chegaram a seus respectivos clubes neste ano como reforços para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O camisa 9 paranista foi oficialmente apresentado em janeiro e chegou já com a esperança de ser o matador. O jogador de 27 anos em 2018 esteve no Cuiabá e fez bonito com a camisa do time mato-grossense, sendo o artilheiro no Estadual e fundamental para o acesso da equipe à Série B. Com fama de ser decisivo em partidas importantes, marcou 15 gols em pouco mais de 40 partidas disputadas.

Em apenas dois meses, Jenison já marcou oito gols, o dobro dos artilheiros do Tricolor em 2018. Foto: Albari Rosa

Em apenas dois meses, Jenison já marcou oito gols, o dobro dos artilheiros do Tricolor em 2018. Foto: Albari Rosa

Com 12 jogos na temporada, Jenison tem oito gols marcados, sendo, além dos cinco no Paranaense, três na Copa do Brasil. Ele já ultrapassou faz tempo o feito dos artilheiros paranistas do ano passado. O atacante Diego Gonçalves, que participou de 11 partidas, e o volante Alex Santana, que atuou em 32 jogos, balançaram as redes apenas quatro vezes. Diego é ponta, enquanto Santana desempenha a função de volante, o que mostra a ineficiência dos atacantes na temporada passada.

+ Viu essa? Torcida do Tricolor pressiona pela saída de Casinha

No Coritiba, os centroavantes também não mostraram a que vieram em 2018 e Rodrigão, que chegou em fevereiro, com o Estadual já em andamento, tem a incrível marca de um gol por jogo. Ele entrou em campo seis vezes com a camisa do Alviverde e esse foi o número que ele balançou as redes.

+ Confira a classificação completa e a tabela de jogos da Taça Dirceu Krüger

Na última temporada, foram testados no Coxa com a camisa 9 Alecsandro, Bruno Moraes, Nathan, Pablo Thomaz, Jonatas Belusso e Kléber. Desses, Alecsandro foi o que conseguiu emendar uma sequência maior, com 31 partidas e seis gols assinalados. O artilheiro do time foi Guilherme Parede, que atuava pelos lados do campo, com 12 gols em 47 partidas.

Rodrigão tem média de um gol por jogo pelo Coxa neste ano. Foto: Albari Rosa

Rodrigão tem média de um gol por jogo pelo Coxa neste ano. Foto: Albari Rosa

Tá sobrando

Já no caso do Athletico, o ano passado, ao contrário dos rivais, contou a favor dos centroavantes. No Paranense, Ederson ficou com a artilharia com 9 gols e Pablo, no time principal, foi o goleador da temporada, com 18 gols assinalados.

Além disso, o Furacão vê outro camisa 9 despontar. O argentino Marco Ruben, contratado para ser o substituto de Pablo, também vem agradando. Contando os amistosos, ele entrou em campo quatro vezes e já marcou quatro gols – todos na Arena, sendo um pela Libertadores. De qualquer forma, 2019 começou promissor para os maiores responsáveis em ajudar os times a alcançar as vitórias.

Marco Ruben vem mostrando sinais positivos neste começo no Furacão. Foto: Albari Rosa

Marco Ruben vem mostrando sinais positivos neste começo no Furacão. Foto: Albari Rosa

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

2 Comentários em "Camisas 9 do Trio de Ferro vão fazendo jus ao número em 2019"


Jackson Good
Jackson Good
2 meses 29 dias atrás

Cara, falando sem clubismo acho o Rodrigão um bom jogador pra série B, o problema é o resto do time. O Bérgson sempre achei tecnicamente fraco, mas pela raça demonstrada, pode tranquilamente estar no elenco principal e participar do Brasileirão.

wyldner Junior
wyldner Junior
2 meses 29 dias atrás

o maior do estado tem 2 camisas 9

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas