A polonesa Agnieszka Radwanska, número 5 do mundo, avançou nesta sexta-feira à final do Torneio de Shenzhen, na China, ao derrotar a alemã Anna-Lena Friedsam, a 95ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4. E essa vitória lhe garantiu a quarta posição na lista mundial.

Nesta sexta, Radwasnka abriu 6/2 e 2/0, mas depois enfrentou certa resistência de Friedsam, que devolveu a quebra de serviço, mas acabou sucumbindo por 6/4. Assim, a polonesa se classificou para a 25ª final da carreira – ela ganhou 17 delas e perdeu sete.

Radwanska venceu 21 de suas últimas 25 partidas, tendo conquistado os títulos do Torneio de Tóquio e de Tianjin, além do Masters da WTA nesse período, todos em 2015. Assim, embalada, ultrapassará a russa Maria Sharapova na próxima atualização do ranking, o que pode ser importante no momento da definição das cabeças de chave do Aberto da Austrália.

Na final em Shenzhen, Radwanska terá pela frente a norte-americana Alison Riske (70ª colocada no ranking), que bateu na outra semifinal a húngara Timea Babos (97ª) por 2 a 0, com parciais de 6/2 e 6/4. A polonesa e a americana se enfrentaram apenas uma vez e Radwanska venceu, no ano passado, na sua partida de estreia no Torneio de Indian Wells.