O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, conseguiu não derramar lágrimas, mas com olhos marejados e a voz trêmula, disse que nos próximos dias os corintianos passarão por grande tristeza, mas que o clube irá se reerguer "porque o Corinthians só não consegue ser maior do que sua própria torcida".

Sanchez elogiou os torcedores pelo comportamento, no último domingo (2), no Estádio Olímpico, por terem apoiado o time até o apito final e fez um apelo: que não participem de qual ato de vandalismo ou violência, que só prejudicaria ainda mais o clube neste momento.