enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Lambança

Possível interferência externa pode “bagunçar” a Copa do Brasil

A Ponte Preta diz que a decisão foi tomada porque tem certeza que houve interferência externa do delegado da partida

  • Por Estadão Conteúdo

A disputa entre Ponte Preta e Aparecidense-GO por uma vaga na segunda fase da Copa do Brasil pode ser definida na Justiça. Dentro de campo, o time goiano garantiu a classificação ao vencer por 1 a 0, em Aparecida de Goiânia (GO), na última terça-feira. O clube de Campinas (SP), porém, vai pedir a anulação do jogo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Em nota publicada na manhã desta quarta-feira em seu site oficial, a Ponte Preta diz que a decisão foi tomada porque tem certeza que houve interferência externa do delegado da partida, Adalberto Grecco, na anulação do gol marcado por Hugo Cabral aos 44 minutos do segundo tempo, que garantiria a vaga aos paulistas por conta da vantagem do empate.

+ Leia mais: Coritiba quer classificação e bom futebol na Copa do Brasil

“A Copa do Brasil é apontada como a competição mais democrática do país, mas as regras precisam ser seguidas. Ninguém está discutindo o impedimento em si e sim interferência do delegado da partida. Tivemos algo similar na final do Paulista e temos a convicção que fomos prejudicados ontem. Estamos pedindo a anulação em respeito ao clube e ao torcedor, em busca de uma moralização. O delegado não tinha esse direito”, disse o executivo de futebol Marcelo Barbarotti.

Apesar da atitude tomada pela diretoria, as chances do STJD anular a partida são consideradas mínimas e a vaga na segunda fase da Copa do Brasil deve mesmo ficar com a Aparecidense.

A POLÊMICA – Aos 44 minutos do segundo tempo, em posição irregular, Hugo Cabral ficou com o rebote após o chute de Thalles acertar a trave e completou para o gol. O auxiliar Samuel Oliveira da Costa correu para o centro do gramado, assim como o árbitro cearense Léo Simão Holanda.

Exaltados, jogadores e membros da comissão técnica do Aparecidense cercaram o auxiliar reclamando de impedimento. Após muita confusão, inclusive com a presença da Polícia Militar, o árbitro voltou atrás e anulou o gol da Ponte Preta, garantindo assim a classificação da Aparecidense para a segunda fase da Copa do Brasil.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

7 Comentários em "Possível interferência externa pode “bagunçar” a Copa do Brasil"


wyldner Junior
wyldner Junior
2 meses 1 dia atrás

por causa disto o co-coritiba não disputara mais a Copa do Brasil este ano.

Bifur Kassao
Bifur Kassao
2 meses 6 dias atrás

Campinas acabou para o futebol!!! Só timinhos de segundona, como o Choritiba!!! Vão kagar no mato!!! Bola que é bom, não jogam há um tempão!!!

Alto De Tantas Glórias
Alto De Tantas Glórias
2 meses 6 dias atrás

Cara, eu sei que nós Coxas machucamos muito vcs Poodles por dentro, pq uma reportagem sobre a ponte preta e vc falando do time que mais surrou Poodles na história do futebol, ninguém ganhou mais dos Poodles do que o Coxa!

MAIOR DO ESTADO
MAIOR DO ESTADO
2 meses 6 dias atrás

da pra ver bem quem é o arrombado da história kkkkkk

porca caloteira

Luiz Carlos
Luiz Carlos
2 meses 6 dias atrás

Se fosse o contrário? Será que os dirigentes da Ponte Preta estariam reclamando? E se o gol fosse do time de Goiás?

FRANCISCO SISSA
FRANCISCO SISSA
2 meses 6 dias atrás

o choro é livre, duvido muito que vao anular o jogo, pelo que eu saiba, nao anularam a do campeonato paulista, que foi visivel a interferencia do 4 arbitro vcs acham que eles vao anular esse, nunca.

Raul Mattos
Raul Mattos
2 meses 6 dias atrás

È claro que houve interferência externa, mas seria justo a Aparecidense ficar fora por um erro do bandeirinha? Realmente falta moral para dirigentes e jogadores que sempre querem ganhar, mesmo com gol irregular.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas