Foi pelo placar mínimo, mas o resultado não refletiu bem o que foi a partida. No final, o que valeu foram os três pontos. Neste sábado (25), o Paraná fez as pazes com a vitória e derrotou o Joinville por 1×0, na Vila Capanema, em um confronto onde dominou a maior parte do tempo, foi mais ofensivo e criou as melhores chances. De quebra, foi o primeiro triunfo sob o comando do técnico Marcelo Martelotte.

Confira como foi a partida no tempo real da Tribuna!

Com o resultado, o time paranista chegou as 17 pontos e subiu para o décimo lugar. Na próxima rodada, a equipe enfrenta o Vasco, terça-feira (28), às 20h30, em São Januário.

O primeiro tempo foi de muitas poucas emoções. Os dois times pareciam estar com o freio de mão puxado e quase não criaram chances de abrir o placar. Em um duelo truncado, mas movimentado, as equipes abusavam das bolas áreas na tentativa de se aproximar da área do adversário.

Jogando em casa, o Paraná era um pouco mais ofensivo e até levou mais perigo. A melhor chance foi com Murilo, aos 24 minutos, mas o meia chutou fraco e facilitou a defesa do goleiro Oliveira. Antes, porém, o Joinville também teve boa oportunidade em cobrança de falta que Bruno Aguiar bateu forte, mas a bola bateu na barreira.

Quando parecia que a primeira etapa terminaria sem gols, aos 44, Lúcio Flávio foi lançado e, ao dividir com o marcador, foi derrubado dentro da área. Mas ao invés de reclamar de pênalti, o atacante se levantou e continuou a jogada tocando para Róbson, sozinho, ter tempo de dominar e chutar forte, fazendo 1×0.

O gol fez o Tricolor voltar com moral para o segundo tempo. Apesar de o Joinville ter mexido no time, para ter mais velocidade, o Paraná voltou melhor e criando mais chances, sempre rondando a área e com finalizações que levavam perigo. Aos, 20, Lúcio Flávio recebeu lançamento e rolou para Murilo, que chutou colocado e Oliveira fez grande defesa.

Mas o ímpeto paranista foi dimimuindo com o passar do tempo. Com o final do jogo se aproximando, o Tricolor foi recuando aos poucos, enquanto o JEC forçava o ataque em busca do empate.

No entanto, com a equipe catarinense indo para cima, o Paraná tinha espaços para ligar o contra-ataque, e conseguiu algumas vezes, mas sem muita eficiência, parando na marcação. Nada que tenha mudado a alegria e alívio paranista ao apito final.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B
1º Turno – 12ª Rodada

PARANÁ 1 X 0 JOINVILLE

Paraná
Marcos; Diego Tavares; Pitty, Alisson e Fernandes; Leandro Silva, Basso e Murilo (Claudevan, 45 do 2º); Válber (Henrique, 20 do 2º), Róbson e Lúcio Flávio (Robert, 26 do 2º).
Técnico: Marcelo Martelotte

Joinville
Oliveira; Éverton Silva (Bertotto, intervalo), Ligger, Bruno Aguiar e Diego; Paulinho Dias, Naldo, Carlos Alberto, Gabriel Vasconcelos e Pereira (Murilo, 23 do 2º); Dodô e Fernando Viana (Willian Barbio, intervalo).
Técnico: Hemerson Maria

Local: Vila Capanema
Árbitro: Mayron dos Reis Novais (MA)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e José Araújo Sabino (DF)
Gol: Robson, 44 do 1º
Cartões Amarelos: Pitty e Murilo (PAR); Éverton Silva e Gabriel Vasconcelos (JOI)
Público Pagante: 2.263
Público Total: 3.018
Renda: R$ 47.555,00