O tempo de intertemporada no Paraná Clube foi muito bem aproveitado. Pelo menos esse é o discurso internamente. As três semanas intensas de trabalho serviram para corrigir os erros e fazer com que o time agora volte à disputa da Série B do Campeonato Brasileiro em um nível elevado. O primeiro compromisso na retomada do calendário é diante do líder Bragantino, no sábado (13), às 19h, na Vila Capanema e a promessa é de um time melhor em campo. A ‘prova real’ da mudança deverá acontecer já neste primeiro confronto.

Até aqui, o Tricolor tem brigado como pode para se manter na parte de cima da tabela. Ainda que não tenha entrado no G4, não se distanciou do pelotão de elite. Com 13 pontos é o sétimo colocado, a três do Sport, que está em quarto, mas que já entrou em campo nesta rodada. São três vitórias, quatro empates e uma derrota até o momento e o elenco paranista vai buscar melhorar esses números.

+ Leia também: Tricolor tem dúvida na lateral pro duelo com o Bragantino

De acordo com o meia João Pedro, os pontos vistos como falhas até aqui foram muito trabalhados e corrigidos. Com isso, o Paraná volta à competição em outro patamar, se comparado ao futebol que estava apresentando nas oito rodadas iniciais.

“Nosso time estava se entrosando, estava buscando um padrão de jogo. Sofremos um pouco nessas oito primeiras rodadas. Com esse um mês para treinar conseguimos nos aperfeiçoar e podemos dizer que estamos muito mais preparados do que no começo do campeonato”, garantiu ele.

+ Mais na Tribuna: Torcida organizada teve participação em nova camisa do Paraná

O jogador viu como essencial esse tempo que a equipe teve para repensar os erros. Alguns placares nesse início de temporada foram contestados pela torcida, como empates em casa diante de times que não representaram perigo nos 90 minutos, como foi o caso dos 0x0 com Guarani (vice-lanterna da Segundona) e Oeste. A derrota por 4×2 para a Ponte Preta, fora de casa, também não foi bem recebida diante da postura do time, que chegou a estar na frente no placar, assim como o empate cedido ao Cuiabá, já no finalzinho. João Pedro acredita que as falhas que causaram esses prejuízos puderam ser corrigidas.

“Trabalhamos um contexto geral defensivo, ofensivo e bola parada. Fomos aprimorando tudo como os gols que tomamos de bola parada. Foi muito importante trabalhar esses fundamentos e hoje estamos muito mais preparados para enfrentar nossos adversários”, afirmou.

+ Viu essa? Clubes podem ser punidos em caso de homofobia

Os ajustes feitos devem surtir efeito já nesta primeira reapresentação do time diante de seu torcedor. Caso vença o líder Bragantino e conte com outros resultados, o Tricolor pode entrar no G4 da competição.

+ Confira a classificação completa da Série B

“A gente pensa em vencer. Nosso grupo está muito focado e a gente sabe que agora estamos mais próximos da vitória com os pontos que trabalhamos durante essa parada. Precisávamos de uma regularidade e estamos conseguindo encontrar”, disse o atleta de 22 anos, que garante comprovar as melhorias de imediato.

“A prova vai ser diante do Bragantino, uma equipe que vem fazendo um grande campeonato, diante do nosso torcedor. Vamos fazer de tudo para buscar a vitória”, finalizou.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!