Restam cinco jogos do Paraná Clube na Vila Capanema nesta Série B do Campeonato Brasileiro e o discurso de jogadores e do técnico Matheus Costa é um só: o apoio do torcedor será fundamental para que o Tricolor busque o acesso. Neste ano, a média de público no Durival Britto tem sido muito baixa – 4.003 pagantes por jogo -, por isso, o apelo para que o paranista compareça e empurre o time nos poucos compromissos que restam. A equipe tem 44 pontos, é a sexta da tabela e ainda tem chances na briga para alcançar a Série A.

Foram realizados 20 jogos no estádio paranista nesta temporada até o momento, mas o fato de o time não ter empolgado ano passado  – com uma passagem relâmpago pela Série A, o Paraná foi rebaixado -, e não ter começado este ano bem, com campanhas fraquíssimas no Campeonato Paranaense e na Copa do Brasil, não deixaram o torcedor empolgado. O jogo com mais apelo no ano foi justamente o que levou um número maior de pessoas à praça esportiva. Diante do rival Coritiba, na vitória por 2×0, no último dia 5, 11.215 pagantes se fizeram presentes. Na ocasião, 65% do estádio foi ocupado com torcedores das duas equipes.

+ Leia mais: Jhemerson ressurge no Paraná e quer se firmar no time

O segundo maior público pagante do ano foi contra o Sport, no dia 26 de julho. O Paraná Clube vinha embalado por cinco vitórias consecutivas e caso vencesse o Leão assumiria a liderança da competição. Foram 8.160 ingressos vendidos, um número bom para os padrões de 2019, mas ainda muito aquém de outras campanhas.

Fecham a lista dos ‘top cinco’ de público – todos considerando somente pagantes – a vitória por 1×0 diante do Operário no dia 11 de junho (5.466), o empate em 1×1 contra o Vila Nova (5.356) no dia 30 de agosto e o triunfo por 2×1 em cima do líder Bragantino, no dia 13 de julho (4.962).

Vila Capanema teve o seu maior público do ano no clássico Paratiba. Foto: Hedeson Alves.
Vila Capanema teve o seu maior público do ano no clássico Paratiba. Foto: Hedeson Alves.

Em contrapartida, o jogo que levou o menor público pagante em 2019 à Vila Capanema foi no embate com o Cascavel, pelo Campeonato Paranaense. No dia 24 de março, apenas 1.195 pessoas compraram ingressos para acompanhar o jogo. Foi uma ocupação equivalente a somente 6% do estádio.

O apelo para que a presença do público aconteça está sendo reforçada com promoções nos valores dos ingressos. Para o próximo jogo, que acontece neste sábado, a partir das 19h, diante do Figueirense, ingressos comprados até sexta-feira (18) custam R$ 40 (inteira) na Curva Norte, R$ 60 na Reta do Relógio, R$ 70 na Social e R$ 80 na cadeira. Quem estiver com a camisa do time paga meia-entrada.

Para fechar o ano, a equipe paranista vai receber em seu território: Figueirense, Londrina, Vitória, São Bento e o Botafogo-SP. Para esses compromissos, o técnico Matheus Costa sabe qual seria o cenário ideal para que o time possa buscar as vitórias, fundamentais para seguir acreditando no acesso.

+ Confira a classificação completa da Série B!

“Com certeza vamos nos tornar mais fortes se o estádio estiver lotado, com o apoio e incentivo que os torcedores sabem que podem nos dar para brigarmos dentro de campo”, arrematou.

Leia mais:

+ Judivan comemora volta por cima em noite inesquecível
+ Matheus Costa aprova atuação do Tricolor contra o Brasil-RS