Um dos destaques do Paraná Clube na vitória por 1×0 sobre o Brasil de Pelotas, na última terça-feira (15), na Vila Capanema, o meia Jhemerson tem muito mais a comemorar do que apenas o triunfo. Grande surpresa da escalação do técnico Matheus Costa, o jogador iniciou como titular a partida e teve uma boa apresentação, recuperando seu espaço no Tricolor depois de um bom tempo apenas treinando.

Contratado no início do ano, o atleta chegou a ficar cinco meses sem jogar. Neste período, muitas vezes sequer foi relacionado. Atuou pelo Campeonato Paranaense e segunda fase da Copa do Brasil e só foi reaparecer no final de agosto, quando jogou o último minuto do empate em 0x0 com o Criciúma. Depois, mais um mês e meio ficando no banco, até entrar no segundo tempo da derrota para o Bragantino e surgir como titular na última rodada.

+ Já ouviu o podcast sobre os ‘famosos quem’ do futebol paranaense?

“Da minha parte eu continuo trabalhando, focado e esperando meu momento. O grupo me apoiou no momento mais difícil dentro do clube, fiquei cinco meses sem jogar, sem ir pra jogos, mas Deus não tarda e nem falha, Ele faz tudo na hora certa. Fui feliz nesse jogo, contribuindo e dando meu melhor, agora é foco total nesses últimos jogos para Conseguir nosso objetivo”, destacou ele, que só atuou sete vezes com a camisa paranista.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Sem desanimar, Jhemerson aproveitou a oportunidade e deve ser mantido entre os titulares contra o Figueirense, neste sábado (19), às 19h, na Vila Capanema. Faltando apenas nove rodadas para o término da Série B, o Paraná está na briga pelo G4 e o meia acredita que o time tem totais condições de terminar a temporada com o acesso.

“Estamos focados nessa reta final pra alcançar nosso objetivo, estamos tratando cada jogo como uma final. Apesar de todas dificuldades que passamos no ano, esse elenco merece por ser um elenco unido, e trabalhador”, completou ele.

Leia mais:

+ Judivan comemora volta por cima em noite inesquecível
+ Matheus Costa aprova atuação do Tricolor contra o Brasil-RS