O torcedor do Paraná Clube que já não estava mais acostumado a ouvir alguns nomes do elenco paranista se surpreendeu com a primeira semana de intertemporada na Vila Capanema. O motivo foi o time titular testado pelo técnico Rogério Micale nestes primeiros dias de trabalho, após um curto período de férias por conta da pausa para a Copa do Mundo da Rússia. O treinador colocou no time principal algumas peças que haviam sido deixadas de lado no início da Série A do Campeonato Brasileiro. São os casos do lateral-esquerdo paraguaio Marcelo Baez, do volante Alex Santana e do atacante Raphael Alemão.

O trio formou o time titular neste início de preparação ao lado de Thiago Rodrigues, que sai na frente de Richard na briga pela titularidade na meta, Júnior, Cléber Reis, Rayan, Caio Henrique, Carlos Eduardo, Rodolfo e Thiago Santos. Esses 11 devem ser a base paranista para os amistosos que o Tricolor fará nos próximos dias, visando o retorno do Brasileirão, no dia 18 de julho, contra o Vitória, em Salvador. O Paraná realizará avaliações contra as equipes de base e também enfrentará o River Plate, do Uruguai, em um amistoso internacional, no dia 12 de julho (quinta-feira), na Vila Capanema, com a presença de sua torcida.

A principal surpresa no time montado por Rogério Micale é o lateral-esquerdo Marcelo Baez. O paraguaio já estava, praticamente, descartado pela comissão técnica paranista. Sem espaço, por conta do rendimento abaixo do esperado nas partidas do Campeonato Paranaense, o gringo estava na mira do Sportivo Luqueño, de sua terra-natal. No Estadual, Baez jogou nove partidas e marcou um gol. Ele foi utilizado na maior parte dos confrontos como meio-campista. Mas, não agradou. No Brasileiro, ele acabou sendo preterido e viu Igor e Mansur disputarem a posição. Mansur, aliás, começa a intertemporada no Departamento Médico, graças a uma lesão no tornozelo.

Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

Outra novidade na equipe de cima é o volante Alex Santana. Também com nove jogos disputados nesta temporada, o jogador era uma das principais esperanças para a proteção da defesa paranista. No ano passado, o atleta foi um dos destaques na campanha do acesso e havia caído nas graças da torcida. Entretanto, teve que voltar para o Internacional, clube detentor dos seus direitos econômicos, e acabou sem jogar no Colorado. Quando voltou à Vila Capanema em 2018, Alex Santana não repetiu o bom futebol e chegou a estar na mira do Brasil de Pelotas-RS para a disputa da Série B.

Tudo indica que os testes nesta intertemporada serão fundamentais para Baez e Alex Santana mostrarem se realmente ficam ou não no Tricolor para a sequência da temporada.