A recuperação que o Paraná Clube teve nas últimas rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro, antes da parada para a Copa América, teve uma grande parcela de contribuição dos meias João Pedro e Matheus Anjos. Sem espaço no Athletico, os dois jogadores, acostumados a atuar juntos com a camisa rubro-negra, foram emprestados pelo rival para a disputa da segunda divisão deste ano, se firmaram entre os titulares do time paranista e estão hoje entre os destaques do Tricolor que está na briga pelo acesso à primeira divisão.

+ Leia mais: Athletico e Paraná pegam time da Libertadores em amistosos

O meia João Pedro é um velho conhecido do torcedor do Paraná. O armador, em 2017, foi um dos responsáveis pela arrancada do time na campanha do acesso à elite do futebol brasileiro, depois de dez anos de espera na segunda divisão. Fez, naquele ano, 23 jogos, marcou quatro gols e foi fundamental para a ascensão do time paranista no segundo turno da Segundona daquela temporada.

A temporada de destaque que teve no Paraná rendeu a transferência do meia João Pedro ao Botafogo, no ano passado. No entanto, o jogador conviveu com algumas lesões, não conseguiu ter uma sequência e deixou o time carioca com apenas oito partidas realizadas. Voltou, então, ao Athletico, disputou sete partidas do Campeonato Paranaense deste ano pelo time de aspirantes, mas sem destaque.

+ Veja ainda: CBF projeta mudanças nos estaduais a partir de 2021

Assim, o jogador não convenceu o técnico Tiago Nunes de que poderia ser útil no time principal do Athletico e acabou sendo emprestado, mais uma vez, ao Paraná Clube. João Pedro, na verdade, parece se sentir à vontade na Vila Capanema. Rapidamente, reencontrou seu melhor futebol e tem sido fundamental na boa campanha realizada pelo Tricolor na Série B deste ano. Além das boas atuações, o camisa 7 tem feito gols importantes e já balançou as redes três vezes na segunda divisão.

Ao seu lado está jogando o meia Matheus Anjos. O jogador, usando a camisa 10, tem feito bem seu papel. Principal armador do time paranista, ele jogou as oito partidas pela Série B e se tornou titular absoluto do meio de campo do time comandado pelo técnico Matheus Costa.

+ Também na Tribuna: Ídolos do Trio de Ferro se unem por causa nobre

Não que tenha feito atuações de encher os olhos, mas Matheus Anjos tem jogado o ‘arroz e feijão bem temperado‘ no meio de campo do Paraná. Além de contribuir com a marcação, ele tem papel importante no setor de criação e participou de jogadas que originaram alguns dos gols anotados pelo Tricolor, mesmo que ainda não tenha balançado as redes nesta Série B.

O meia, na verdade, também reencontrou seu melhor futebol vestindo a camisa do Paraná. No ano passado, quando foi emprestado ao Guarani e jogou a Série B, fez apenas cinco partidas. Neste ano, já são oito jogos, atuações regulares e a titularidade absoluta na maiuca, com boas perspectivas para o futuro.

+ Confira a classificação da Série B

Assim, a dupla que veio pronta do rival Athletico é a esperança do Paraná Clube na Série B deste ano. Manter a regularidade apresentada até agora é a missão de João Pedro e Matheus Anjos na retomada da segunda divisão para manter o time na briga pelo acesso à elite do futebol brasileiro do ano que vem.