O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, afirmou na noite da última segunda-feira que pretende padronizar os campeonatos estaduais a partir de 2021. De acordo com o mandatário, a ideia é deixar os regionais semelhantes em tamanhos, calendários, regulamentos, número de clubes.

+ Leia mais: Ídolos do Trio de Ferro se unem por causa nobre

O objetivo inicial é separar essa padronização por grupos – Rio de Janeiro e São Paulo; Minas Gerais e Rio Grande do Sul; Paraná, Pernambuco, Bahia, Ceará, Goiás e Santa Catarina. Um grupo da própria CBF já vem tocando o assunto com as federações para que as competições sejam mais atrativas tanto para os torcedores como para os clubes.

Caso as mudanças sejam aprovadas, elas passariam a valer a partir de 2021, já que alguns regulamentos terão que ser mantidos no ano que vem.