O meio-campista Fernando Neto vem se destacando no início de temporada do Paraná Clube. O jogador, que entrou na seleção da Tribuna na Taça Barcímio Sicupira, comanda o meio-campo paranista e se diz feliz pelo momento que vive até aqui.

+ Leia mais: Tricolor confirma jogos-treinos

Dos oito jogos em 2019, o meia ficou de fora somente da estreia contra o Operário por não estar regularizado. Depois foi titular em seis partidas e entrou no decorrer em um confronto. Apesar de não ter feito gol, ele tem dado dinamismo ao time e auxiliado nas jogadas ofensivas, com passes e arremates, mesmo jogando de segundo volante.

+ Confira: Veja a tabela completa da Série B

“Um começo bastante positivo, era o que eu esperava. O professor me dá toda a liberdade, ganhei confiança na forma que todos me receberam. Estou confortável na posição e, de momento, é a minha posição preferida, que joga por trás e chega na frente de surpresa”, comentou.

+ Os melhores: Veja como ficou a seleção da Taça Barcímio Sicupira

Com 26 anos, o atleta tenta se firmar no futebol brasileiro depois de passagem pelo STK Samorin, filial do Fluminense, detentor de seus direitos econômicos, que nunca lhe deu sequência no profissional. Na Eslováquia, Neto fez 30 partidas no ano passado e balançou as redes em oito oportunidades.

+ Parceria: Paraná projeta busca de revelações

Antes, ele tinha passado por Santo André, Vila Nova-GO e Macaé. Foi no time carioca, inclusive, que começou a jogar na mesma função que faz do Tricolor, quando marcou três gols em 21 jogos. “Já joguei de lateral-esquerdo, mais avançado e ali é uma posição que comecei a jogar há dois, três anos, lá no Macaé e, de momento, é onde sinto mais vontade de jogar”, complementou.

O Paraná volta a campo no dia 9, um sábado, às 16h, contra o FC Cascavel, na Vila Capanema.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!