Fora do G4 ao final do primeiro turno da Série B, o Paraná segue com motivos para acreditar que briga pelo acesso. O Tricolor acumulou 28 pontos, mesmo após ser derrotado pelo Cruzeiro por 2 a 0 nesta sexta-feira (30), no Mineirão, pela 19ª rodada.

A pontuação é maior do que a conquistada no mesmo período de 2017, o ano em que garantiu vaga na Série A. Na ocasião, foram 27 pontos na primeira metade da Segundona.

“A gente segue a caminhada próximo do G4. Temos muitas partidas pela frente e tenho certeza de que vamos brigar para alcançar nosso objetivo”, cravou o técnico Allan Aal à Rádio Banda B.

>> Tabela e classificação da Série B

Por enquanto, o Paraná é o quinto colocado na tabela, mas pode perder posições no complemento da rodada, chegando até a nono no pior dos cenários. Em 2017, foi justamente na nona colocação, mas com 27 pontos que a equipe fechou o turno. Ao final, o Tricolor subiu com 64 pontos, na quarta colocação.

>> Veja como foi o jogo entre Cruzeiro e Paraná

De acordo com o treinador, o time poderia ter tido uma trajetória melhor nessa primeira parte da disputa, não fossem as baixas no elenco, mas ainda assim é possível reencontrar o caminho da vitória. O Paraná liderou a competição em quatro rodadas e permaneceu no grupo de classificação em 12.

“Nossa projeção era encarar cada jogo como decisão, sempre procurar vencer. Algumas situações nos atrapalharam, como a perda do nosso sistema defensivo, com a lesão do Fabrício e perda do Thales por negociação. Isso afetou. Essa oscilação atrapalhou, mas acredito podemos equilibrar”, finalizou.

+ Mais do Tricolor:

+ Paraná anuncia a contratação de atacante experiente
+ Geração de técnicos que pintou como solução sofre para se estabelecer