Não importa o que esteja em jogo: no futebol, poucas coisas têm tanto peso como um clássico regional. Por isso, a expectativa é de que a partida entre Paraná Clube e Athletico neste domingo (3), a partir das 17h, na Vila Capanema, seja quente. Aliás, não apenas por se tratar de um jogo desta estirpe, mas também pelo fato de as duas equipes estarem com a classificação à próxima fase da Taça Barcímio Sucupira ameaçada.

+ Leia mais: Paraná e Athletico fazem as contas pra não morrerem na praia

De um lado, o Athletico vem com sangue nos olhos depois de perder o Atletiba no meio da semana por 2×1, em plena Arena da Baixada, mesmo tendo atuado com um jogador a mais durante todo o segundo tempo.

+ Veja ainda: Furacão terá poucas mudanças contra o Paraná

A despeito de o clube, notadamente, deixar o Campeonato Paranaense em segundo plano, quem manja de futebol sabe o que a perda de um clássico em casa para o seu maior rival representa. Por isso, mais do que manter viva a esperança de se classificar à próxima fase da Taça Barcímio Sucupira, uma vitória do Furacão pode fazer o time sacudir a poeira e engatar a primeira na competição. Afinal, até agora, o Rubro-Negro soma duas derrotas, um empate e apenas uma vitória.

No Paraná, que também ganhou apenas uma, uma derrota e vem de dois empates seguidos, sem gols, a obrigação é ainda maior, já que além de ver a classificação em risco, joga em seus domínios. Mais do que isso, mesmo com um pontinho a mais em relação ao Furacão, o Tricolor é o vice-lanterna do grupo B, mesmo que esteja a três pontos do líder, Coritiba.

+ Também na Tribuna: Tricolor volta a ter alterações pro clássico

Com um elenco que está tendo que se entrosar ao longo da disputa, uma vez que o time sofreu uma reformulação quase total em relação à equipe que disputou a Série B no ano passado, o técnico Dado Cavalcanti, mesmo precisando fazer rodízios pra dar conta de tantos jogos seguidos, vai levar o que tem de melhor pro clássico.

O último encontro entre as duas equipes foi em setembro do ano passado, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro e o Furacão sapecou 3×0 no Tricolor, na imbatível Arena da Baixada. Na verdade, o Paraná não conseguiu vence o Athletico no ano passado. Pelo Estadual, o Furacão venceu o único encontro por 3×0.

Em tese, é um jogo que vale apenas três pontos dentro do Campeonato Paranaense. Na prática, vai muito além disso. Quem vencer, não apenas se mantém vivo na Taça Barcímio Sicupira como vai com moral pro restante da disputa do Estadual.

Ficha técnica

CAMPEONATO PARANAENSE
Taça Barcímio Sicupira – 5ª Rodada

PARANÁ x ATHLETICO

Paraná Clube
Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Rodolfo (Eduardo Bauermann), Timbó e Juninho (Guilherme Santos); Luiz Otávio, Fernando Neto e Higor Leite (Maicosuel); Alesson, Rodrigo Carioca (Andrey) e Jenison.
Técnico: Dado Cavalcanti

Athletico}
Léo; Reginaldo, Robson Bambu, Eder e Nicolas; Erick, Marquinho e Matheus Anjos; João Pedro, Anderson Plata e Bergson.
Técnico: Rafael Guanaes

Local: Vila Capanema
Horário: 17h
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e João Fábio Machado Brischiliari

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!