enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Calculadora!

Paraná e Athletico fazem as contas pra não “morrerem na praia”

Tricolor tem cinco pontos e está na quinta colocação do grupo B, enquanto o Furacão é o quarto do grupo A, com quatro pontos somados

  • Por Juliana Fontes
Dado Cavalcanti e Rafael Guanaes estarão frente em um duelo em que os treinadores sabem que um novo tropeço terá um peso extra. Fotos: Albari Rosa

Paraná Clube e Athletico entram em campo neste domingo (3), às 17h na Vila Capanema, sabendo da importância da vitória. Para os dois lados, uma derrota pode significar o fim da trajetória na Taça Barcímio Sicupira, o primeiro turno do Campeonato Paranaense. O Tricolor tem cinco pontos e está na quinta colocação do Grupo B, enquanto o Furacão é o quarto do Grupo A, com quatro pontos somados.

Longe do que se esperava em relação à participação dos dois times da capital na competição, ambos vão ter que apresentar o que até agora não conseguiram para seguir na disputa. Restam duas rodadas para que as equipes possam começar a convencer, já que até agora não empolgaram seus torcedores. Um novo tropeço pode custar a vaga, dependendo do complemento da rodada.

+ Leia mais: Athletico deve ter time repetido contra o Paraná

Por isso, vencer não basta. Além de fazer bonito, será preciso que os dois fiquem de olho na tabela. No Grupo A, quem lidera é o Londrina, com sete pontos, seguido pelo Operário, também com sete. O terceiro é o Toledo, com seis. Já no Grupo B, o Coritiba é o líder com oito pontos, seguido pelo FC Cascavel, também com oito. O Cascavel CR, em terceiro tem seis, o mesmo que o Cianorte, em quarto.

Portanto, neste final de semana, Rubro-Negro e Tricolor vão precisar dar aquela famosa “secada” nos times da parte de cima da “tábua”. A rodada conta com os seguintes jogos: FC Cascavel x Foz do Iguaçu, Coritiba x Londrina, Toledo x Cianorte, Cascavel CR x Maringá e Rio Branco x Operário

O técnico do Athletico, Rafael Guanaes, que saiu insatisfeito com a derrota por 2×1 para o Coxa, ainda acredita na classificação à semifinal. “Temos pouco tempo entre um jogo e outro, mas o foco é classificar para a próxima fase. Ainda há chances matemáticas nesse primeiro turno. É fazer um bom jogo e buscar a vitória contra o Paraná, que nos deixa na briga pela classificação”, disse, visivelmente abalado após a derrota no clássico, na última quarta-feira (30).

+ Confira os jogos e a classificação do Campeonato Paranaense

Do lado paranista, o técnico Dado Cavalcanti sabe que os dois times chegam para o jogo desta quinta rodada com um grande peso nas costas, mas acha natural essa cobrança. “As duas equipes chegam pressionadas, precisando da vitória para almejar alguma coisa no primeiro turno do campeonato. É um tipo de pressão, mas também é natural por se tratar de um clássico, e isso é até bom”, avaliou o comandante.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

15 Comentários em "Paraná e Athletico fazem as contas pra não “morrerem na praia”"


Lutador Antifascista
Lutador Antifascista
2 meses 20 dias atrás

Com este time sem esquema tático e com jogadores errando passes de dois metros e não acertando gol, com certeza o Atlético vai perder pro Paralixo. Rafael Guanaes, pede pra sair, ainda dá tempo de não passar mais vergonha!!!

fernando. fernando
fernando. fernando
2 meses 19 dias atrás

e eu que achava que não existia técnico pior que o Diniz…não é que o guanaes conseguiu superar a incompetência do Diniz….

FRANCISCO SISSA
FRANCISCO SISSA
2 meses 20 dias atrás

Do começo ao fim, temos que apoiar.

FRANCISCO SISSA
FRANCISCO SISSA
2 meses 20 dias atrás

Vai aqui um apelo aos torcedores as nossas organizadas vamos lotar a vila nem que chova, vamos apoiar nosso clube de coração e não vamos brigar, vamos apoiar.

Lutador Antifascista
Lutador Antifascista
2 meses 20 dias atrás

Se chover muito a Vila da UNIÃO vai lotar, vai lotar de água!!!…. kkkkkkkkkk… Futebol com caiaques!!!…. kkkkkkkkkkkk

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 19 dias atrás

Jovem aluno, vai aprendendo voce tambem, para nao continuar divulgando equivocos: nosso povo Boca-negra (Time dos Pretos) joga bola na Vila desde meados de 1.920.
BOCAETERNAMENTE.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 19 dias atrás

Com uma grande torcida, varios titulos e fazendo com o maior rival, o tambem sempre grande Coritiba, o maior classico local, entre 1 946 e 1.947 construiu ali mesmo seu estadio, sem uso de dinheiro publico.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 19 dias atrás

A Vila ficou como uma area de lazer para os trabalhadores das estradas de ferro e do povo das imediacoes. E apos a construcao do estadio, foi passada legalmente para o glorioso Clube Atletico Ferroviario, o tricolor, o Colorado, o Clube do Povo, o Clube de todas as racas.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 19 dias atrás

Mais tarde o imovel foi passado ao neto legitimo do Boca-negra, esse grandioso Parana’ Clube que esta’ ai, nos honrando com a continuidade de uma tradicao que chega ao seu Centenario em breve.
BOCAETERNAMENTE.

fernando. fernando
fernando. fernando
2 meses 19 dias atrás

Vai contar estórias pra boi dormir.. o estádio do terreno invadido..foi utilizado dindin público para adequar para a copa de 1950…e foi utilizado dindin pelo fato de ser um estádio em terreno público e de propriedade da união…que foi invadido pelo PR clube

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 19 dias atrás

Pra quem de fato cometeu essas coisas, seria muito bom saber que outro tambem fez . $ publico num.estadio que ja’ estava pronto ?

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 19 dias atrás

Arquibancadas de madeira adicionais onde hoje receberemos sua torcida e onde hoje e’ a Curva Norte, onde tinhamos a Concha Acustica ? Pesquise nos jornais de 1.949, mergulhe no passado. Voce vai se admirar de um serissimo Clube Atletico Ferroviario. Ainda imitado nas suas realizacoes.

Alto De Tantas Glórias
Alto De Tantas Glórias
2 meses 20 dias atrás

O torcedor Poodles não tem o que se preocupar! O Bambu entrou muito bem atrás dos Poodles

Lutador Antifascista
Lutador Antifascista
2 meses 20 dias atrás

Estes cocô-xas e suas conotações sexuais, não podem saber que tem um “Bambu” no outro time que já ficam com o cúzinho coçando de vontade de dar. Para de viadagem cocô-xa BAITOLAAAAA!!!!… kkkkkkkkkkkk

fernando. fernando
fernando. fernando
2 meses 19 dias atrás

quero ver o dia que o alto de tantas segundonas conseguir fazer um comentário sem escrever palavrões e papo que não tem nada com futebol…só escreve coisas que devem estar presentes na família dele diariamente

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas