enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Brigas

Pai de torcedor internado condena violência no futebol

“Espero que ele se recupere o mais breve possível”, disse Silva

Pai do único torcedor ainda internado em Joinville, Cidnei Silva condenou nesta segunda-feira a violência que quase causou mortes nas arquibancadas da Arena Joinville, durante o jogo do Atlético contra o Vasco, no domingo – a goleada de 5 a 1 rebaixou o time carioca para a Série B do Campeonato Brasileiro.

“Eu não aprovo, nunca fui de acordo com violência nenhuma em estádio. Espero que ele se recupere o mais breve possível e que a gente possa tirar uma lição disso aí. E que futebol seja só futebol, nada de violência”, disse Silva, em entrevista à RBS TV.

Cidnei Silva é pai de Willian Batista da Silva, o torcedor que gerou maior preocupação dos médicos. Assim que ficou sabendo do envolvimento do filho na briga, Cidnei viajou de Curitiba para Joinville, com o objetivo de acompanhar o atendimento do filho.

O atleticano, de 19 anos, foi encaminhado ao Hospital Municipal São José pelo helicóptero da Polícia Militar, pousado no meio do gramado da Arena Joinville. Após sofrer diversas pancadas na cabeça, William chegou a ficar inconsciente, mas se recuperou durante a noite de domingo. E foi transferido para o Centro Hospitalar Unimed por decisão de seu pai.

Lá passou a noite em observação depois que exames não constataram lesões mais graves. Segundo seu último boletim médico, houve uma fratura no crânio, mas que não chega a configurar traumatismo craniano.

De acordo com informações do hospital, William está lúcido e conversando normalmente desde a noite passada. “O paciente está consciente e com os sinais vitais dentro da normalidade. No momento o quadro de saúde é estável, porém será mantido internado para observação”, diz o boletim. Ainda não há previsão de alta para o atleticano. Os outros três torcedores internados no domingo já foram liberados pelos médicos.

Confira a galeria de fotos e ajude a identificar os torcedores-marginais envolvidos na confusão.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

16 Comentários em "Pai de torcedor internado condena violência no futebol"


Paulo Busnasrdo Mikosz
Paulo Busnasrdo Mikosz
5 anos 8 meses atrás

torço que melhore mas deveria ser preso como os outros. Sempre Coritiba, a maior torcida do Pr

NELSON OLIVEIRA
NELSON OLIVEIRA
5 anos 8 meses atrás

VERGONHA MUNDIAL, INTOLERÂNCIA TOTAL!!!EM 2014 FICOU BOM PARA O PR CLUBE, QUE VAI PODER ENFRENTAR VASCO E FLUMINENSE NO MARACANÃ, SÓ ASSIM MESMO….

Fábio OrgulhodeSerPARANISTA!
Fábio OrgulhodeSerPARANISTA!
5 anos 8 meses atrás

Se sair do Hospital tem que ir direto para a cadeia este marginal. Se sair!

Fábio OrgulhodeSerPARANISTA!
Fábio OrgulhodeSerPARANISTA!
5 anos 8 meses atrás

Não sinto pena alguma destes marginais travestidos de torcedores. Por mim deveriam todos vestir o paletó de madeira. Cara que vai ao estadio pensando em agredir o próximo não mere estar nesta sociedade. Como diria o saudoso Alborghetti, Bandido bom é

zeco Sete
zeco Sete
5 anos 8 meses atrás

falou pouco e disse tdo tricolor…

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas