O Palmeiras já conquistou o acesso e o título por antecipação na Série B. Mas ainda tem duas rodadas para disputar no campeonato, contra o Ceará (no sábado) e a Chapecoense (no dia 30 de novembro). Por isso, o atacante Alan Kardec avisa que o ano palmeirense “ainda não acabou”. Segundo ele, o time não pode relaxar agora, porque é preciso encerrar a temporada com chave de ouro, com novas vitórias.

“Os objetivos da temporada foram cumpridos. Embora já tenhamos sacramentado tudo, nós ainda temos duas partidas. Não temos de tirar o pé. Temos de ir forte até o fim”, afirmou Alan Kardec, em entrevista ao site oficial do clube. “Futebol é dinâmico. Se você ganha um título em uma partida e na outra sofre um desastre, você será cobrado por isso. Vamos, então, entrar atentos e com muita seriedade. As comemorações aconteceram, mas, a partir do momento em que pisarmos na Academia para retomar os trabalhos, a seriedade estará em primeiro lugar de novo. O ano ainda não acabou.”

Em sua primeira temporada no Palmeiras – chegou em julho, por empréstimo do Benfica -, Alan Kardec virou rapidamente ídolo da torcida. É o artilheiro do time na Série B, com 13 gols marcados, e referência no time armado pelo técnico Gilson Kleina. Feliz pela rápida adaptação, o atacante comemorou bastante o título conquistado no último sábado, com a vitória sobre o Boa no Pacaembu. E já faz planos para 2014, ano do centenário palmeirense e da reinauguração do Palestra Itália.

“Foi muita emoção para mim. Eu dou valor para este título porque sei pelo que passamos. Foi a minha primeira taça e espero que venham muitas ainda. Vesti essa camisa sonhando em vencer, em ser um conquistador de títulos”, contou Alan Kardec. “Está chegando o momento mágico da história do Palmeiras. Será um momento em que todos os holofotes estarão virados para o clube. E isso irá requerer muita dedicação e seriedade nossa. 2014 tem tudo para ser um ano dourado. Além disso, tem a reinauguração do estádio. São, então, só fatores positivos para termos uma temporada brilhante.”