Dos dezesseis jogos programados para a abertura da nona rodada do 34.º Campeonato Paranaense de Futebol de Pelada, o “Peladão/Tribuna do Paraná”, dois deles não foram realizados, ocasionando, segundo reza o regulamento, a eliminação dos times faltantes, no caso o Kapot/Canto do Rio, que se apresentou sem as carteiras de atletas e do Clube Atlético Asa Branca. Ambos estão eliminados, salvo impetrem recurso junto ao Tribunal Especial de Justiça Desportiva, justificando as razões da ausência.

No mais, a rodada foi absolutamente tranqüila, nenhuma anormalidade, e também nenhuma surpresa quanto a resultados, muito embora algumas sonoras goleadas.

Destas, as mais expressivas foram detonadas pelo RCD Patrulhão que, na categoria de Funcionários Públicos, derrotou a esquadra da Associação Urbs/Diretran pelo marcador de 8×1; goleada da Cohab ante o Pinhalto Primos na categoria Prefeitura, por 9×3, e a vitória contundente do Cajuru FC sobre o Vila Lorena/Bela Vista, na série Unionda, pelo elástico marcador de 15×0.

Muitas partidas terminaram com placar muito apertado, algumas até com final dramático, como foi o caso dos jogos Associação Urbs 2×1 Regimento Coronel Dulcídio (F. Públicos); Auto Truck Pereira 2×0 Ouro Verde Esporte Clube (Prefeitura); Auto Peças Pinhais 4×3 Phoenix Tapioca (Prefeitura); Combate Centenário 4×3 Icaraí (Prefeitura) e Tapajós Doces Princesa 5×3 Kebha Kana (Unionda).

Na etapa de abertura (sábado), na nona rodada do “Peladão”, foram realizados 14 jogos, marcados 98 gols, com média de 7 tentos por partida.

Todo e qualquer recurso quanto a resultados, irregularidades, arbitragens, e principalmente WO, devem ser endereçados ao presidente do Tribunal Especial de Justiça Desportiva, o mais tardar até às 18h de hoje, devidamente protocolado junto à Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, na Rua Desembargador Westphalen 1566, recolhidas as taxas previstas em regulamento, sem o que a petição não terá valia.