O técnico do Atlético, Leandro Niehues, prometeu nesta quarta-feira um futebol ofensivo para vencer o Guarani, no próximo domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, para buscar a sua primeira vitória nesta edição do Campeonato Brasileiro.

Para isso, porém, o treinador cobra mais coragem da equipe, que acabou sendo derrotada de virada para o Corinthians, por 2 a 1, no Pacaembu, na estreia da competição. “Tivemos alguns erros no jogo contra o Corinthians. Ficamos muito atrás e isso chamou a equipe adversária. E a nossa postura não pode ser essa”, afirmou Niehues.

Na partida contra o Guarani, o técnico não poderá contar com o meia Paulo Baier e o goleiro Neto, expulsos contra o Corinthians. Mesmo sem o seu principal armador, Niehues promete que o time forte no ataque.

“O Guarani merece o mesmo respeito que tivemos com o Corinthians. Não podemos trabalhar de formas diferentes em função do adversário. Vamos trabalhar em cima das informações do Guarani e fazer um jogo para sufocar e vencer”, ressaltou.

E, se não terá Paulo Baier, o Atlético poderá contar com o retorno do atacante Bruno Mineiro no domingo. Niehues adiantou, porém, que o jogador ficará como opção no banco de reservas. “O Bruno Mineiro está muito tempo sem jogar. Então é difícil. Ele ainda vai fazer algumas atividades físicas para analisarmos como ele está. Acredito que, se o Bruno estiver bem, pode ficar no banco para entrar no decorrer da partida”, revelou.