A vuvuzela brasileira está mais para chocalho do que corneta. O músico Carlinhos Brown e o ministro Aldo Rebelo (Esporte) apresentaram hoje a “caxirola”, uma espécie de chocalho a ser utilizado pela torcida durante a Copa-2014.

Segundo o músico, o instrumento é uma variação do caxixi, de origem indígena. “Agora começa oficialmente a torcida organizada brasileira. Muitos reclamavam que a vuzuvela era barulhenta, mas ela prenunciava a voz da torcida da África. A caxirola é o ritmo do povo brasileiro”, disse o músico.

Carlinhos Brown, em parceria com uma empresa de marketing, pretende fabricar 190 milhões de unidades. O instrumento produz barulho tanto sendo sacudido com sendo friccionado a outro.

A caxirola é um dos 96 projetos aprovados pelo governo brasileiro para promoverem o país durante a Copa-2014. Nesta terça-feira, o ministério do Esporte entregou os diplomas com a “chancela” do governo. Não haverá dinheiro. Com a chancela, os 96 projetos poderão pedir patrocínio e usar, em seu favor, o apoio do governo.

“É uma autorização para que os autores façam a captação de recursos junto a empresas privadas ou estatais, ou pela própria lei de incentivo ao esporte. Os autores terão, a partir da chancela, o diploma de que o projeto preenche os requisitos de promoção do país e da Copa”, explicou o ministro.

Os projetos, a partir dos patrocínios, poderão ser divulgados no Brasil e no mundo. Os 96 projetos representam a cultura indígena, valorização da natureza e das regiões do país, além da música e artes. No total, 199 propostas haviam sido inscritas.