O mineiro José Mariano Sales Alves Júnior, de Belo Horizonte, será o representante do Brasil no campeonato mundial de enduro eqüestre, que será disputado no dia 27 deste mês, em Dubai, nos Emirados Árabes. Ele estará percorrendo os 160 km da prova, montando Vethor e espera ter uma boa performance em sua primeira participação no evento, que contará com a presença de 185 conjuntos, de 42 países.

"Vinha trabalhando desde 2000 para tentar garantir uma das seis vagas na equipe brasileira, que disputará o Mundial. Foram muitas horas de treinamentos e quilômetros de trilhas, mas consegui atingir o objetivo. Estou ciente de que devo representar com responsabilidade e empenho o meu País. Espero terminar bem a prova e com o cavalo em boas condições", comentou Mariano Sales.

No brasileiro da modalidade, disputado em agosto de 2004, na cidade fluminense de Rezende, ele ficou com o vice-campeonato. Logo depois desta disputa foram confirmados os seis conjuntos que representariam o Brasil e ele estava entre os escolhidos. Mariano Sales e seu animal continuaram o treinamento até dezembro. Os cavalos embarcaram no último dia 13 para Dubai e nestes dias que antecedem a prova, realizam trabalhos de manutenção.

Mariano Sales lembrou que o enduro eqüestre virou uma paixão nacional nos Emirados Árabes e um grande trabalho vem sendo realizado pelos organizadores do Campeonato Mundial. "Sem dúvida, será a maior competição de enduro eqüestre realizada até hoje. A presença de 185 conjuntos e 42 países é um recorde. Além disso, teremos uma competição de alto nível técnico e estou contente em poder estar participando deste evento e representar as cores do meu país", comentou.

O Brasil participou do Campeonato Mundial, em 2000, em Compiègne, na França e agora volta a disputar a competição. Os brasileiros também estiveram em três edições dos Jogos Eqüestres Mundiais: 1994, em Den Haag, na Holanda; 1998, em Dubai; e 2002, em Jerez de La Frontera, na Espanha.