O Manchester United sofreu para vencer o goleiro Manuel Neuer nesta terça-feira, mas conseguiu superar o Schalke por 2 a 0, em Gelsenkirchen, e abriu boa vantagem em busca da grande final da Liga dos Campeões.

Para garantir a vaga, o time inglês poderá até perder por 1 a 0 em casa, no Estádio Old Trafford, na próxima quarta-feira. O outro finalista sairá do clássico espanhol entre Real Madrid e Barcelona, que disputarão o jogo de ida nesta quarta, no Santiago Bernabéu.

Em Gelsenkirchen, o Manchester United teve postura de time anfitrião desde os primeiros instantes da partida. Os ingleses envolveram a defesa dos donos da casa e deram trabalho para o goleiro Neuer, titular da seleção alemã na Copa do Mundo.

Com uma atuação brilhante no primeiro tempo, Neuer foi o destaque do jogo, mesmo após ser vazado na segunda etapa. Os gols só saíram na metade do etapa final. O veterano Giggs abriu o placar aos 22, com assistência de Rooney. Dois minutos depois, o mesmo Rooney ampliou a vantagem inglesa ao bater de primeira dentro da área.

Sem mostrar forças diante da superioridade do Manchester, o Schalke pouco produziu durante a partida. Mesmo com o apoio da torcida, os anfitriões se concentraram na defesa e quase não chegaram ao ataque. O espanhol Raúl e o brasileiro Edu tiveram atuações apagadas e não levaram perigo ao gol de Van der Sar.