O Londrina segue seu calvário na Série B. Na noite desta sexta-feira (8), o Tubarão até mostrou uma melhor postura, tentou de todo jeito, mas perdeu por 1×0 para o América-MG, em pleno estádio do Café e se complicou ainda mais na Série B.

Com a derrota – a quarta consecutiva -, o Alviceleste segue com 35 pontos, na 16ª posição, mas pode terminar a rodada na zona de rebaixamento, caso o Figueirense vença o Coritiba. A equipe londrinense volta a campo na próxima terça-feira (12), quando faz um duelo direto com o Criciúma, no Heriberto Hülse.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Com a necessidade de vencer pra evitar o pior, o Londrina começou o jogo ditando o ritmo e indo pra cima do América-MG, que explorava os contra-ataques. O domínio era forte do Tubarão, que se mantinha no campo ofensivo, principalmente na base dos lançamentos, mas sem finalizar, parando na defesa do adversário.

Já o Coelho foi mais preciso e na primeira boa chance que teve, abriu o placar. Aos 18 minutos, Sávio, que recém tinha entrado, cobrou escanteio e Ricardo Silva subiu mais que Dirceu para cabecear no cantinho de César, que não alcançou a bola.

O gol acabou com a paciência da torcida do Tubarão e os erros lá na frente passaram a vir acompanhados com vaias e cobranças, deixando os jogadores ainda mais afobados. A ansiedade para criar logo as jogadas se transformaram ainda mais em falhas, enquanto os mineiros tinha mais tranquilidade e até facilidade para controlar a bola e atacar.

No segundo tempo, o Londrina voltou com uma postura ainda mais ofensiva, até mesmo na formação tática, quase indo para o tudo ou nada. Só que permitiu espaços para o América-MG partir em velocidade. Em uma delas, quase marcou o segundo. Aos dez, Júnior Viçosa foi lançado pela esquerda e tocou para Juninho, da entrada da área, chutar forte, mas em cima de César, que fez a defesa. Aos 12, Matheusinho bateu cruzado e o goleiro espalmou.

Ainda assim, o domínio era do Tubarão, que rondava a área do adversário, mas pecava no último toque. Por outro lado, o Coelho a todo momento exigia uma grande atuação de César, que se virava para salvar o Alviceleste. A grande oportunidade do Londrina no jogo foi só aos 32, quando Léo Passos gingou em cima do marcador e chutou forte, acertando a rede pelo lado de fora. Depois, aos 33, Pedro Cacho soltou a bomba de longe e a bola foi pra fora.

Nos minutos finais, o Londrina aumentou ainda mais a cobrança, mas o nervosismo parecia ser mais um adversário e o time ficou mais perto de sofrer o gol do que marcar. No fim, o América-MG acabou vencendo por 1×0.

Ficha técnica

SÉRIE B
2º Turno – 34ª Rodada

LONDRINA 0x1 AMÉRICA-MG

Londrina
César; Dirceu, Sívio e Léo Rigo; Alemão (Matheus Bianqui), Matheus Neris (Luidy), Pedro Cacho, André Moritz (Higor Leite) e Felipe; Uelber e Léo Passos.
Técnico: Mazola Júnior

América-MG
Airton; Diego Ferreira (Leandro Silva), Lucas Kal, Ricardo Silva e João Paulo (Sávio); Zé Ricardo, Juninho e Willian Maranhão; Felipe Azevedo, Matheusinho (Ademir) e Júnior Viçosa.
Técnico: Felipe Conceição.

Local: Estádio do Café
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (FIFA-PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Luis Diego Nascimento Lopes (PA)
Gols: Ricardo Silva, 18 do 1º
Cartões amarelos: Alemão, Sílvio, Felipe, Pedro Cacho (LEC); Felipe Azevedo, Sávio, Matheusinho (AMG)
Renda: R$ 15.520
Público pagante: 1552
Público total: 1750