O 22.º Gran Prémio Associación Latino-americana de Jockeys Clubs (grupo 1), corrido na tarde de sábado no Hipódromo de Maroñas, no Uruguai, foi vencido pelo cavalo argentino Latency, um filho de SlewGin Fizz e Latencia (El Asesor), com ótimo segundo de Necesaire, por Bright Again, de criação do Haras Santa Maria de Araras, única representante da criação brasileira, que defendeu a farda do Stud São Miguel. Chegaram a seguir Gal?z Honey (Argentina), Baleriana (Chile) e Special Bull (Chile).