Juvenal Juvêncio deve ser reeleito nesta terça-feira (22) presidente do São Paulo por mais três anos. Na pleito marcado para começar às 19 horas, o atual mandatário terá como rival o ex-judoca Aurélio Miguel, que foi medalha de ouro na Olimpíada de Seul, em 1988, e é conselheiro do clube.

A principal crítica do opositor em relação à atual diretoria é quanto ao que chama de falta de transparência. "Gostaríamos de saber com mais detalhes como o dinheiro do clube é gasto", disse Aurélio Miguel, que reconhece suas pequenas chances de vitória. "Não tenho chance. Mas vou acabar esta eleição de cabeça erguida.

A maioria dos 239 conselheiros com direito a voto no São Paulo deve apoiar a continuidade de Juvenal Juvêncio no cargo. A expectativa é que o atual presidente tenha quase 80% dos votos na eleição desta terça-feira.