O juiz Vandemberg de Freitas Rocha, titular da 5ª Vara Criminal de Campina Grande, na Paraíba, condenou em primeira instância, no último dia 15, o meia-atacante Marcelinho Paraíba, ex-Coritiba e atualmente no São Paulo, pelo crime de lesão corporal.

Segundo o Fórum de Campina Grande, a condenação é de seis meses de detenção, em regime aberto. O jogador é acusado de agressão a um estudante, de 25 anos, na noite de 24 de junho de 2005, na saída de uma discoteca em Campina Grande. O advogado de Marcelinho Paraíba vai recorrer, segundo o fórum.