Bem que os outros pilotos se esforçaram e deram o máximo, mas nenhum deles foi páreo para Gilmar Flores, o Joaninha. Com duas voltas sensacionais, o piloto de Sinop (MT) não deu chances aos adversários e conquistou o pentacampeonato da Copa Brasil de Motocross Freestyle, ontem, na Barra da Tijuca, no Rio. Marcelo Simões foi o segundo, com o colombiano Sebastian Tatan Mejia em terceiro.

Por ter sido o melhor da fase classificatória, Joaninha foi o último e entrar na pista, empolgando o publico de mais de duas mil pessoas. “É muito bom ser campeão aqui. É muito diferente competir no Rio. Estamos acostumado a fazer shows em locais fechados, exposições. A energia positiva do público é maravilhosa. Isso nos incentiva a fazer novas manobras.”

E Joaninha realmente ousou, apresentando uma grande variedade de back flips. Único brasileiro a fazer a manobra em quem o piloto dá uma espécie de cambalhota para trás com a moto, Joaninha desta vez apresentou como novidade o Back Flip Shaolin e o Córdoba. “Não saiu como eu queria, mas consegui fazer e valeu”, disse.

Joaninha marcou 414 pontos, contra 373 de Marcelo Simões e 368,5 de Tatan.