O goleiro bicampeão do mundo com a seleção brasileira em 1958 e 1962, Gylmar dos Santos Neves, sofreu um enfarte na última segunda-feira. E que, segundo os médicos informaram para familiares do ex-jogador, o quadro seria irreversível. Gylmar está internado desde a última sexta no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, quando apresentou um quadro de desidratação. O ex-jogador, que completou 83 anos na última quinta, já sofria de problemas decorrentes de um AVC, que deixou sequelas em 40% de seu corpo.

“A situação do meu pai é bastante complicada, devido à idade dele e ao quadro passado pelos médicos”, disse o filho do ex-jogador, Marcelo Neves, por telefone. “Os médicos se reuniram nesta quinta-feira e parece que chegaram à conclusão de que é irreversível”.

Gylmar dos Santos Neves nasceu em 22 de agosto de 1930, em Santos. Ao longo de sua carreira, defendeu, além da seleção brasileira, o Santos e o Corinthians, conquistando o bi mundial na equipe da Vila Belmiro ao lado de Pelé, Pepe e Coutinho.