A Inter de Milão buscou a virada nesta quinta-feira e eliminou a rival Juventus da Copa da Itália. Jogando em casa, o time de José Mourinho venceu por 2 a 1, com gol do brasileiro Lúcio, e chegou à semifinal da competição. Diego marcou o gol da equipe de Turim.

As semifinais serão disputadas em jogos de ida e volta, em fevereiro. No dia 3, a Inter enfrentará a Fiorentina em casa. Roma e Udinese buscarão a outra vaga na decisão do torneio a partir do dia 4, na capital italiana. A data dos jogos de volta ainda não foi definida.

O resultado marcou mais um revés na trajetória decepcionante da Juventus nesta temporada. Eliminado na primeira fase da Liga dos Campeões, o time vem despencando na tabela do Campeonato Italiano. A fraca campanha ameaça o emprego do técnico Ciro Ferrara. Claudio Gentili, ex-técnico da seleção sub-21 da Itália, está sendo cotado para substituir o atual comandante.

Já o rival José Mourinho vive situação totalmente oposta. Mais preocupado com o campeonato nacional, do qual é líder, o treinador poupou alguns jogadores nesta quinta. Um deles foi o goleiro Júlio César. O reserva Toldo entrou em seu lugar e decepcionou, com uma falha incrível no início da partida.

Logo aos 10 minutos, Diego bateu da entrada da área e o goleiro deixou a bola passar entre as pernas: 1 a 0. Apesar da desvantagem no placar, a Inter foi melhor na etapa inicial, mas levou pouco perigo ao gol de Buffon.

A reação só teve começou aos 26 minutos da segunda etapa. Após cobrança de falta de Sneijder, Lúcio completou para as redes e empatou. O gol deixou a Inter ainda mais motivada em campo. A Juventus não aguentou a pressão e cedeu a virada aos 44 minutos. Thiago Motta finalizou, Buffon deu rebote e Balotelli garantiu a vitória dos donos da casa.