Ainda lanterna do campeonato brasileiro, com 29 pontos, o Grêmio, mal acabou o jogo contra o Figueirense, já passou a se contrar para o jogo contra o Fortaleza, quinta-feira, no Ceará.

Para todos os jogadores, a partida é encarada como um divisor de águas no campeonato. “Trata-se de um adversário direto contra o rebaixamento e será uma decisão”, disse Anderson Lima, traduzindo o pensamento do elenco. Para esse jogo, o Grêmio pode ficar desfalcado de Christian, que no sábado deixou o campo contundido.

Inter

O Inter saiu do Mangueirão, no sábado, satisfeito com o empate por 0 x 0 com o Paysandu. O time gaúcho jogou a maior parte do tempo com um jogador a mais, mas não conseguiu vencer o Papão da Curuzu.

O técnico Muricy Ramalho, depois da partida, estava diferente daquele treinador que berrava à beira do gramado. O comandante colorado classificou o empate como um bom resultado. “Foi um jogo bastante complicado. O empate foi até bom porque os jogadores sentiram demais o calor de Belém”, afirmou.

O presidente Fernando Carvalho também gostou o resultado. “Nós até poderíamos ter vencido, mas não acho ruim sair de Belém com um ponto. Ainda temos condições de buscar o título. Temos que melhorar sempre. Poderíamos ter vencido hoje, mas faltou forças ao time”, argumentou Carvalho.