O piloto paranaense da Fórmula Truck, patrocinado pela Comercial Girho’s de Rolamentos, João Maistro, vai representar o estado na 4.ª etapa do Campeonato Sul-americano de Fórmula Truck, que acontece neste domingo, às 14h, no autódromo internacional de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

“A pista de Campo Grande é muito boa de guiar. O percurso, além de contar com duas grandes retas, um miolo de média para alta velocidade e um miolo de baixa velocidade, também não tem subida e descida, o que permite grandes ultrapassagens e deixa a prova ainda mais emocionante”, relata Maistro.

Antes de seguir para Campo Grande, o piloto realizou vários testes em seu caminhão no autódromo de Londrina, onde constatou que a máquina está rápida e pronta para a corrida.

“Nosso caminhão vem evoluindo e espero que não aconteça nenhuma quebra, pois a cidade é muito quente, o que pode ocasionar este tipo de problema”, diz.

Segundo o piloto, o objetivo é conseguir uma boa classificação e largar entre os 10 primeiros. Para o diretor da Girho’s, Cláudio Gusso, a prova de Fórmula Truck é pura adrenalina e a etapa de Campo Grande promete ser um grande evento para os amantes de alta velocidade.

Ford Racing Trucks é favorita em Campo Grande

Com um bom começo de temporada e após excelentes treinos preparatórios, a equipe Ford Racing Trucks (Ford/Consórcio Case/Automotiva Usiminas/Cummins/ Eaton/Frasle/Borg Warner/Nahle/Ferramentas Beta/Molas Feeder/Digipulse/ Tecnodiesel/Stock AIG) vai para Campo Grande (MS) confiante em um bom resultado na quarta etapa do Campeonato Sul-americano e Brasileiro de Fórmula Truck, que será disputada domingo no Autódromo Internacional Orlando Moura (3.433m), a partir das 13h40 (horário de Brasília) com duração de uma hora e transmissão pela Band Sports. A TV Bandeirantes irá transmitir um compacto às 21h25.

“A gente vai brigar lá na ponta, pelo pódio. O Danilo [Dirani] é uma realidade e acho que o Bruno [Junqueira] também vem pra frente, ele mostrou isto em Caruaru. Espero que o [Andersom] Toso não tenha mais problemas no caminhão dele”, acredita o chefe de equipe Djalma Fogaça.

O trabalho feito na semana passada em Interlagos (SP) consolidou a força dos caminhões Ford Cargo, e serviu para pequenos ajustes serem feitos visando preparar os caminhões para esta corrida.