A seleção espanhola, apontada como uma das principais favoritas para a Copa da África do Sul, pode perder o atacante Fernando Torres para sua estreia na competição, em 16 de junho, contra a Suíça.

Recuperando-se de uma cirurgia no joelho direito, realizada há cerca de duas semanas, Torres luta contra o tempo para reforçar a Espanha. Mas segundo revelou nesta terça-feira o médico do Liverpool, Peter Brukner, são pequenas as chances de ele já estar pronto para o primeiro jogo do Mundial.

“Não podemos ter certeza de nada no atual estágio. Mas se ele continuar progredindo como está, ele poderá jogar em algum momento durante a Copa do Mundo”, afirmou Brukner, que trabalhará para a seleção australiana no Mundial.

“É difícil dizer, no entanto, se ele poderá jogar a partida de estreia da Espanha. Só não podemos pressioná-lo muito, porque queremos vê-lo recuperado em longo prazo”, acrescentou. Espanha e Suíça estão no Grupo H, ao lado de Honduras e Chile.