A cabeçada do francês Zinedine Zidane no italiano Marco Materazzi, desferida na final da Copa do Mundo da Alemanha em 2006, foi imortalizada em uma estátua instalada no Museu Pompidou, em Paris, na França.

O monumento foi feito em bronze, tem cinco metros de altura e é obra do artista francês de origem argelina – assim como o ex-craque dos ‘Bleus’ – Adel Abdessemed. A estátua faz parte da exposição “Je suis innocent” (Sou inocente, em tradução livre.

O comissário da mostra, Philippe Alain Michaud, afirmou que a obra, diante da tradição de esculturas que comemorem vitórias, Abdessemed celebra uma derrota, já que aquele gesto, o último da carreira de Zidane, foi preponderante para a derrota dos franceses.

Depois de empate em 1 a 1 no tempo normal, com gols justamente de Zidane e Materazzi, os italianos bateram os rivais nos pênaltis, por 5 a 3, conquistando assim seu quarto título mundial de futebol