O atacante Emerson Sheik será homenageado antes da partida contra o Internacional, neste sábado, no Itaquerão, mas não enfrentará o time gaúcho. O atacante não participou do treino desta sexta-feira e não será relacionado nem para ficar no banco de reservas.

“Conversamos eu, direção e o Emerson de uma forma muito clara. O Emerson é um jogador extremamente competitivo, se estivesse no banco seria para entrar. O Tite é um técnico que não sabe brincar de faz de conta. Se tiver no banco, vai colocar. Como ele já está encaminhando uma sequência profissional, não será relacionado”, explicou o técnico Tite.

Sheik foi liberado do treino desta sexta-feira para acertar a sua transferência para o Flamengo. O acordo deve ser anunciado na próxima segunda-feira. Emerson, de 36 anos, chegou ao Corinthians em 2011 e conquistou os títulos do Campeonato Brasileiro (2011), da Copa Libertadores (2012), do Mundial de Clubes (2012), do Campeonato Paulista (2013) e da Recopa Sul-Americana (2013).

Antes do jogo contra o Inter, o atacante receberá lembranças do clube e alguns dos gols que marcou pelo Corinthians serão exibidos no telão do estádio corintiano. “Ele merece e tem uma história muito grande, muito bonita aqui dentro. Todas as considerações serão extremamente justas”, disse Tite.