enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Copa 2014

Em dez meses, Arena da Baixada teve pouca evolução nas obras

Em novo balanço divulgado, estádio chega a 60% dos trabalhos já concluídos

  • Por Luiz Ferraz

A CAP S/A – empresa criada para gerenciar as obras da Arena da Baixada – adiou pela quinta vez a data de entrega do estádio atleticano, que no ano que vem vai receber quatro jogos da Copa do Mundo. Em entrevista ao site Portal 2014, o presidente rubro-negro, e da CAP S/A, Mário Celso Petraglia, confirmou que as obras estarão prontas somente no começo do ano que vem. O portal informa ainda que as obras do Joaquim Américo atingiram a marca de 60% da conclusão – penúltimo entre os mais atrasados.

Anteriormente, os gestores da reforma da Arena da Baixada haviam prometido a entrega do estádio para a última semana de março deste ano, com uma grande festa nos dias em que o Atlético e a cidade de Curitiba fazem aniversário. Sem condições para cumprir a promessa, dois novos prazos foram estipulados: junho e agosto deste ano.

Por fim, o último juramento de Petraglia e de Mário Celso Cunha, responsável pela Secretaria Especial para Assuntos da Copa do Mundo, foi de que a Arena da Baixada seria entregue em dezembro – no limite do prazo dado pela Fifa. Mas mesmo com a liberação da segunda parcela do financiamento no início de abril, no valor de R$ 32,7 milhões, o presidente da CAP S/A preferiu adiantar que o estádio atleticano não será entregue antes do final deste ano.

O Portal 2014 divulgou também que Mário Celso Petraglia pediu ao Comitê Organizador Local (COL) e a Fifa a oficialização do prazo que a Arena da Baixada terá que ser entregue aos organizadores da Copa do Mundo. Isso deve acontecer a partir de março de 2014, quando a Fifa deve começar a preparar os estádios brasileiros para receber o Mundial.

O Atlético não divulga um balanço do andamento das obras da Arena da Baixada desde o início de janeiro, quando a execução da reforma do estádio atingiu 55,8% da conclusão. Mesmo com o avanço de pouco mais de 4%, o Joaquim Américo segue sendo um dos estádios mais atrasados. Segundo levantamento, o palco atleticano segue na frente apenas da Arena Amazônia, em Manaus, que atingiu 58% da execução.

Além do estádio atleticano e da Arena Amazônia, entre os estádios mais atrasados estão a Arena das Dunas, em Natal, que tem 61,41% das obras concluídas; a Arena Pantanal, em Cuiabá, com 62%, e o Beira-Rio, em Porto Alegre, que atingiu o índice de 65%.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

115 Comentários em "Em dez meses, Arena da Baixada teve pouca evolução nas obras"


Coxa Eternamente
Coxa Eternamente
6 anos 3 meses atrás

Burros negros vçs nem precisam disso é só pegar a grana do ponto que fazem na getulio da p pagar e sobra pois ali tem uns 15 poodles por metro quadrado,kkkkk

Marcio Ciola
Marcio Ciola
6 anos 3 meses atrás

ARENA FIFA, todo o complexo ARENA E ARENINHA será adminstrado pela gestora AEG – PARCEIRA DO FURACÃO!! E quam não sabe: A AEG é a maior empresa do MUNDO no segmento de adminsitração de arenas e entretenimento do mundo. Resultado seremos OS MAIORES!!!

Marcio Ciola
Marcio Ciola
6 anos 3 meses atrás

Ano que vem a verba da tv aumentará para 50 milhas… A dívida é para 15 anos, com carência de 3… Pagaremos somente, com o $$ dos sócios e sobrará muito, pois ARENA com os lucros será todo do FURACÃO, ao contrário dos outros clubes…

Gadiego Lopez
Gadiego Lopez
6 anos 3 meses atrás

E como tem a verba da TV de 35 milhões por ano, vai ser a maior moleza para pagar.

Gadiego Lopez
Gadiego Lopez
6 anos 3 meses atrás

Mas nem isso vai acontecer também porque o atlético só vai pagar 5,5 milhões por ano à partir de dezembro de 2015. Isso é fichinha. É o dinheiro de 3 meses de salário dos jogadores.

1 2 3 23
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas