Luiz Gustavo e Diego Giaretta ostentam desempenho impecável no Guarani na Série B do Campeonato Brasileiro. Com a dupla em ação, o time campineiro soma cinco vitórias, sendo quatro por 1 a 0, 100% de aproveitamento e nenhum gol sofrido. Eles estiveram em ação contra Bragantino, Vitória, Paraná, Criciúma e Atlético-GO.

A consolidação da parceria se dá no momento da grave lesão de Bruno Lima, antes titular e desfalque confirmado por ao menos seis meses em virtude de cirurgia no joelho. Por outro lado, a diretoria acertou a contratação de Bruno Silva, o principal candidato para assumir a titularidade – Ferreira é outra alternativa da comissão técnica.

Na vitória sobre o Figueirense, por 1 a 0, em agosto, Giaretta foi opção no banco, mas entrou no fim do segundo tempo para reforçar a zaga e, portanto, fez companhia a Luiz Gustavo. Em outros casos, sobretudo depois da pausa para a Copa América, Giaretta foi improvisado pelo então técnico Roberto Fonseca na lateral esquerda nos jogos contra Botafogo, Cuiabá e Sport.

Na gestão de Thiago Carpini, o crescimento da produtividade defensiva é expressivo.
Em nove compromissos com o novo treinador, o Guarani não foi vazado em sete – só foi superado por América-MG (3) e Oeste (3).

Em termos de desempenho, o time soma seis vitórias, um empate e duas derrotas. O desempenho coloca o time campineiro em 12.º lugar na Série B, com 32 pontos, cinco à frente da zona de rebaixamento, e com a melhor campanha do returno.

Com semana cheia para treinamentos, o Guarani voltará a campo na próxima terça-feira, quando vai visitar o Coritiba, no estádio Couto Pereira, às 19h15.