Diego Hypólito deve ser o único brasileiro a competir na Superfinal da Copa do Mundo de Ginástica, que será disputada nos dias 13 e 14 de dezembro, em Madri. Ele lidera o ranking do solo na competição e está em décimo no salto – precisaria de duas desistências para entrar na disputa.

Mais duas atletas conseguiram ranking para a disputa, mas estão contundidas e não poderão competir: Jade Barbosa, sexta colocada no salto, e Daiane dos Santos, terceira no solo – ela não poderá defender as medalhas de ouro conquistadas nas duas ultimas edições, em Londres/2004 e São Paulo/2006.

Diego buscará o tricampeonato, depois de também ter sido ouro nessas duas ocasiões – em Londres, também foi bronze no salto. Sua irmã Daniele Hypólito, que foi prata na trave em São Paulo, há dois anos, está em 12º lugar no solo e 15º na trave, e também espera por desistências para competir, assim como Mosiah Rodrigues, 11º na barra fixa.