O clima tenso no futebol carioca não se restringe a Vasco e Fluminense, que brigam contra o rebaixamento. No Botafogo, o ambiente é de nervosismo acentuado por causa da possibilidade real de o time não terminar o Campeonato Brasileiro, neste fim de semana, com vaga garantida para a Copa Libertadores do ano que vem.

A derrota para o Coritiba, no último domingo, expôs essa situação de desconforto e de ânimos exaltados, no vestiário do estádio Couto Pereira. Houve bate-boca entre vários atletas. O motivo da discussão foi a preparação para o confronto contra o Coritiba. Um grupo de jogadores defendia que a viagem para a capital paranaense se desse na sexta. Outro preferia o sábado, o que prevaleceu. De acordo com parte da equipe, a ida para Curitiba na véspera do jogo não proporcionou preparação adequada.

Nesta segunda-feira, o zagueiro Bolívar pediu o apoio da torcida no jogo deste domingo contra o Criciúma, no estádio do Maracanã. O time alvinegro precisa vencer e depender de outros resultados para conseguir vaga na Libertadores.